#Desafio1LivroPorMês: Uma Mulher na Escuridão

#Desafio1LivroPorMês: Uma Mulher na Escuridão

#Desafio1LivroPorMês: Uma Mulher na Escuridão

Este é “Uma Mulher na Escuridão” de Charlie Donlea.

Meu livro 6/12 do #Desafio1LivroPorMês e o título de março do Clube do Livro do Marinão.

Gosto do autor e já li todas as suas obras lançadas no Brasil, o que não é muito difícil, já que são apenas quatro livros.

“Uma Mulher na Escuridão” foi o segundo que mais gostei (“Deixada Para Trás” ficou em primeiro).

A história é sobre duas mulheres: Rory e Angela.

Rory é investigadora forense e acabou de perder o pai.

Ele era advogado e Rory não só fica responsável por encerrar as atividades do escritório como herda o caso do Ladrão, um criminoso que está prestes a receber liberdade condicional.

Sobre o caso:

No verão de 79, cinco jovens mulheres desapareceram, mas o Ladrão não deixou pistas.

A polícia conseguiu prendê-lo graças à Angela Mitchell, uma mulher com capacidade excepcional para analisar dados e encontrar padrões.

Porém, antes que a polícia pudesse falar com ela, Angela sumiu.

Rory fica fascinada pelo caso de 40 anos atrás e, em especial, por Angela Mitchell.

Seu assassinato foi o único crime pelo qual o Ladrão foi preso, mas ele insiste que não a matou e deseja que Rory cumpra o que o pai prometeu: provar que Angela está viva.

#Desafio1LivroPorMês: Uma Mulher na Escuridão

Apesar do final previsível, foi uma boa leitura!

Gosto do estilo do autor e dos capítulos curtos e organizados de forma a tornar a experiência mais dinâmica, pois intercalam passado e presente: o verão de 79 com Angela investigando o desaparecimento das jovens e os dias de hoje, com Rory desvendando o sumiço de Angela.

As duas são personagens interessantes e de talentos especiais, mas Angela aguçou minha curiosidade.

Eu ficava ansiosa pelos capítulos dela!

Resumindo:

Pra mim, foi uma leitura rápida e fácil.

Não rolou plot twist chocante, mas tive que me segurar para não terminar “Uma Mulher na Escuridão” semanas antes da live do Clube do Livro.

PS 1: Acho que pode rolar continuação! A trama tem um sub plot mal resolvido de um possível copycat do Ladrão. Tomara que seja isso mesmo! Senão, é muita desatenção do autor.

PS 2: Li imaginando Rory de Gilmore Girls como a Rory do livro e Angela da série The Office como Angela Mitchell.

Por incrível que pareça, funcionou bem – hehehe!