Tag

vult

Base, Maquiagem, Resenhas

Resenha: Vult Base Fluída

Vult Base Fluída

EstrelaEstrelaEstrelaEstrelaEstrela

Quatro estrelinhas

Se você tem pele oleosa e não precisa de muita cobertura, acho que vai gostar da Base Fluída da Vult, porque ela é leve, sequinha e transfere muito pouco.

A descrição diz o seguinte:

Fórmula ultra fluída que em contato com a pele oferece uma incrível sensação de leveza e toque aveludado. Proporciona um acabamento natural, cobertura leve, uniforme e efeito matte. Contém microesferas que proporcionam o disfarce óptico de linhas finas da pele. Enriquecida com um complexo de extratos naturais, auxilia na prevenção do envelhecimento e na hidratação da pele. Sua embalagem com aplicador em conta-gotas oferece praticidade e precisão, sem desperdícios.

A base está disponível em sete cores e um tubinho pode custar de R$25,00 a R$35,00 reais (depende da farmácia, site ou loja de cosméticos).

Vult Base Fluída

Vult Base Fluída

Embalagem e amostrinhas da cor 04

Sua embalagem é simples e prática: vem com aplicador de conta gotas, o que ajuda a evitar desperdício.

Experimentei a cor 04 e ela se adaptou direitinho ao meu tom de pele.

Quanto à textura, a base fluída faz jus ao nome, já que é super líquida.

A cobertura não é um absurdo e vai de leve a média dependendo do quanto você aplicar de produto.

No meu caso, preciso complementar a maquiagem com um pouco de corretivo nas olheiras, porque a base sozinha não dá conta de camuflar totalmente a escuridão na área.

Vult Base Fluída

Vult Base Fluída

Pele com e sem base, close no acabamento e teste de transferência

Um ponto muito positivo desse produto é que ele é do tipo que assenta depois de esfumado.

Seu acabamento é sequinho, não marca minhas linhas (não tenho muitas, graças a Deus!) e a cor transfere quase nada, o que é bom pra quem tem pele mista ou oleosa ou mora em lugar quente/abafado.

Mas fica o aviso:

Enquanto a base seca – pelo menos no caso da cor que experimentei – o tom vai escurecendo.

Se você está interessada em experimentar esse produto, é bom conferir ao vivo, fazer uma amostrinha e deixar secar antes de se decidir pela tonalidade, já que ela muda da embalagem para a pele.

Vult Base Fluída

Vult Base Fluída

Maquiagem pronta (sem aplicação de pó para assentar/finalizar)

Como o tempo está mais fresquinho, estou usando a base sem aplicar pó por cima, porque realmente não há necessidade.

Nesse momento, pó combinado ao toque mais aveludado do produto da Vult poderia deixar a pele com aspecto muito seco.

No verão já é outra história, né? Veremos!

Por conta da cobertura, acho melhor fazer a aplicação da base com os dedos ao invés de um pincel e depois finalizar com uma esponja para dar acabamento.

Quanto à fixação, ela é ok.

Minha pele é mista e geralmente termina o dia com brilho na zona T.

Quando fiz as fotos pra resenha, a maquiagem sem retoque algum até que não fechou o dia com um aspecto tããão ruim assim, olha só:

Vult Base Fluída

Maquiagem depois de 8 ou 9 horas sem retoques

Resumo

Cumpre tudo o que promete! Como a própria descrição diz: é uma base de cobertura leve e toque aveludado.

Se você tem pele oleosa e não precisa disfarçar/cobrir muita coisa, vale a pena experimentar, porque ela é sequinha, confortável e muito leve.


Avaliação Geral

  • Textura e aplicação: 5/5
  • Cobertura e pigmentação: 3/5
  • Fixação: 4/5
  • Preço: 4/5
  • Apresentação: 3/5
  • Realidade x Descrição oficial: 5/5
  • Média: 4,0
Para visualizar a lista completa de critérios e notas, clica aqui.

Posts Relacionados
Base, Maquiagem, Resenhas
Resenha: Dior Nude Air Serum Foundation
17/09/2018
Maquiagem, Máscara para sobrancelhas, Resenhas
Resenha: Benefit Gimme Brow +
17/09/2018
Amostrinhas, Batom, Maquiagem
Batom Guerlain Rouge G
13/09/2018
Blush, Maquiagem, Resenhas

Resenha: Blush Stick Vult (#03 e #04)

Blush Stick Vult

EstrelaEstrelaEstrelaEstrelaEstrela

3,8 estrelinhas

Há alguns meses, a Vult lançou uma linha de sticks de contorno, blush e iluminador. Já resenhei os iluminadores (post aqui) e hoje vou falar sobre os blushes.

Eles são muito práticos e tem acabamento natural, mas a fixação não é das melhores.

A descrição diz o seguinte:

Com textura cremosa, o produto desliza facilmente sobre a pele, dando um toque de cor saudável com naturalidade. Prática, a embalagem em formato stick com mecanismo retrátil é perfeita para estar sempre a mão em qualquer ocasião!

Os sticks custam R$36,90 reais e podem ser adquiridos em lojas, farmácias e no e-commerce da Vult.

Blush Stick Vult

Blush Stick Vult

Blush Stick Vult

Ingredientes e amostrinhas

Assim como os iluminadores, os blushes tem embalagem retrátil na mesma cor do produto.

A descrição de uso diz que eles devem ser aplicados em suaves toques e espalhados com as pontas dos dedos ou com um pincel, até que você obtenha o efeito desejado.

Tanto com os dedos quanto com pincel, achei a aplicação muito fácil, porque a pigmentação é digna e a textura é super boa: macia e cremosa sem ser grudenta.

As cores esfumam sem esforço!

Blush Stick Vult

Blush Stick #03 antes e depois de esfumar

Blush Stick Vult

Blush Stick #03 (+ Iluminador Stick #03)

Blush Stick #03 é um rosa mais escurinho e Blush Stick #04 é um pêssego pouco saturado / mais neutro.

O acabamento de ambos tem uma leve luminosidade por conta da textura cremosa.

Achei esse efeito bonito!

Entre os dois tons, gostei mais da cor do Blush Stick #03, porque ela deu um ar corado super fofo às minhas bochechas.

Já o Blush Stick #04 ficou discreto.

A pigmentação dele é boa, mas a cor é próxima ao tom da minha pele, então não cria muito contraste.

Acho que meninas branquinhas se darão melhor com o #04!

Blush Stick Vult

Blush Stick #04 antes e depois de efumar

Blush Stick Vult

Blush Stick #04 (+ Iluminador Stick #02)

E a fixação?

Não é muito alta, porque o produto não “assenta” na pele.

Depois de esfumar, o blush continua cremoso e se você passa o dedo, ele transfere.

Se esfrega, ele sai do lugar.

Ao final do dia, não sobra muita cor nas bochechas, infelizmente.

Blush Stick Vult

Blushes #04 e #03 ao final do dia

Resumo

O formato é prático, a aplicação é fácil e as cores são bonitas, mas os blushes se mantém cremosos depois de esfumados.

Por conta disso, eles transferem fácil, o que compromete bastante o poder de fixação.

Os blushes em pó da mesma marca valem mais a pena ;)


Avaliação Geral

  • Textura e aplicação: 5/5
  • Cobertura e pigmentação: 4/5
  • Fixação: 3/5
  • Preço: 3/5
  • Apresentação: 3/5
  • Realidade x Descrição oficial: 5/5
  • Média: 3,8
Para visualizar a lista completa de critérios e notas, clica aqui.

Blush Stick Vult – R$36,90 reais
Comprar no site da Vult

Posts Relacionados
Base, Maquiagem, Resenhas
Resenha: Dior Nude Air Serum Foundation
17/09/2018
Maquiagem, Máscara para sobrancelhas, Resenhas
Resenha: Benefit Gimme Brow +
17/09/2018
Amostrinhas, Batom, Maquiagem
Batom Guerlain Rouge G
13/09/2018
Iluminador, Maquiagem, Resenhas

Resenha: Iluminador Stick Vult (#02 e #03)

Iluminador Stick Vult

EstrelaEstrelaEstrelaEstrelaEstrela

3,8 estrelinhas

Há alguns meses, a Vult lançou uma linha completinha de sticks de contorno, blush e iluminador. Ainda não testei todos os itens (falta usar as cores de contorno), mas já usei dois dos iluminadores e dois dos blushes.

Hoje vou falar sobre os iluminadores e já vou soltar spoiler dos blushes, porque o probleminha que eu tive com os sticks de brilho é o mesmo que tive com os blushes…

Agora, vamos ao que interessa!

A descrição diz o seguinte:

Com textura cremosa e acabamento cintilante proporciona luminosidade à pele de maneira uniforme e natural. Prática, a embalagem em formato stick com mecanismo retrátil é perfeita para estar sempre a mão em qualquer ocasião!

A linha Stick da Vult tem três cores de iluminador (#01 rosado, #02 bege e #03 bronze) que podem ser adquiridas em lojas, farmácias e no e-commerce da marca por R$36,90 reais.

Iluminador Stick Vult

Iluminador Stick Vult

Iluminador Stick Vult

Ingredientes e amostrinhas

Os sticks tem embalagem retrátil na mesma cor do produto. Ela é simples sem ser fajuta e o formato é super prático.

Quanto à aplicação, a textura dos iluminadores é bem macia. Pega fácil na pele e espalha de forma homogênea sem problemas, só que não é do tipo que seca depois que você esfuma.

Os iluminadores stick se mantém cremosos e se você por algum motivo esfregar a pele, porque está coçando o rosto ou algo assim, o brilho acaba passando pros dedos.

E as cores?

Testei os tons #02  (bege cintilante) e #03 (bronze cintilante), mas coleção também tem o iluminador #01 (rosa claro cintilante).

Iluminador Stick Vult

Iluminador Stick Vult

Iluminador Stick #02 (batom Driver’s Seat Smashbox)

Das duas cores testadas, gostei mais da #02, porque ela é clarinha e tem efeito mais intenso na minha pele.

A cor #03 é escura e acabou não se destacando muito no meu rosto, mas tudo bem, porque ela é ideal pra quem tem pele negra.

Quanto à aplicação, não tive problemas!

Basta passar o stick diretamente na área desejada e depois esfumar com os dedos ou com um pincel.

Testei dos dois modos e gostei bastante do efeito com pincel kabuki flat top de cerdas sintéticas.

Iluminador Stick Vult

Iluminador Stick Vult

Iluminador Stick #03 (batom #14 Rouge Eclat Clarins)

Nas imagens acima vocês podem ver as duas cores de iluminador antes e depois de esfumar.

Com uma camada, o brilho já fica bonito, mas pra quem gosta de muuuita cintilância, dá pra aplicar mais camadas e esfumar até chegar no efeito desejado.

E a fixação?

É aí que os sticks deixam a desejar, porque o glow perde muito da sua intensidade ao longo do dia.

Como eu comentei lá no início do post, a textura cremosa não seca/gruda na pele, o que faz com que o iluminador transfira sem muito esforço.

Iluminador Stick Vult

#02 e #03 ao final do dia

Resumo

A cores são bonitas e brilhantes, o formato em bastão/stick retrátil é super prático e a textura cremosa espalha fácil e de forma homogênea.

Infelizmente, essa mesma textura que facilita a aplicação acaba prejudicando a fixação, porque o brilho transfere com facilidade ao toque.

Se você não se importa em retocar, beleza! Se longa duração é mais importante, melhor procurar outro tipo de iluminador.


Avaliação Geral

  • Textura e aplicação: 5/5
  • Cobertura e pigmentação: 4/5
  • Fixação: 3/5
  • Preço: 3/5
  • Apresentação: 3/5
  • Realidade x Descrição oficial: 5/5
  • Média: 3,8
Para visualizar a lista completa de critérios e notas, clica aqui.

Iluminador Stick Vult – R$36,90 reais
Comprar no site da Vult

Posts Relacionados
Base, Maquiagem, Resenhas
Resenha: Dior Nude Air Serum Foundation
17/09/2018
Maquiagem, Máscara para sobrancelhas, Resenhas
Resenha: Benefit Gimme Brow +
17/09/2018
Amostrinhas, Batom, Maquiagem
Batom Guerlain Rouge G
13/09/2018
Amostrinhas, Batom, Maquiagem

Mais cores de batom matte da Vult em bala (#02, #13 e #16)

Há pouco tempo postei três cores da linha de batons em bala com acabamento matte da Vult, todos muito bons. Por isso, hoje temos mais três tons!

A fórmula dessa linha é hidratante e nutritiva e promete alta cobertura com acabamento sequinho. Entre nudes, vermelhos e vinhos, são 24 cores ao todo.

Os batons custam em torno de R$20,00 reais e podem ser adquiridos em farmácias e sites como Época Cosméticos (R$20,94) e Beleza na Web (R$16,90).

Amostrinhas + close e teste de transferência do vermelho #13

As tonalidades do post de hoje são:

  • #02, cor de boca acinzentado.
  • #13, vermelho mais sóbrio e fechado.
  • #16, roxo bem aberto e de fundo frio.

A pigmentação deles é muito digna, mas o vermelho #13 é o de melhor cobertura e intensidade entre os três. AMEI!

Fiz algumas amostrinhas dele e de outros vermelhos que tenho em casa (fotinha aqui), mas nenhum é exatamente igual ao #13. O mais próximo é o Cruella da NARS, só que o tom da Vult é um pouco mais fechado e de fundo menos frio.

#02

#13

#16

#02, #13 e #16

Quanto à textura, os três são cremosos na medida e muito confortáveis apesar do acabamento opaco.

Já a fixação não é nada fora do normal…

Os batons transferem e, apesar da boa pigmentação, até o vermelho acaba precisando de retoques ao longo do dia, especialmente depois das refeições.

Todas as cores matte em bala da Vult que já apareceram por aqui

Para ver meu outro post sobre os batons em bala com acabamento matte da Vult, clica aqui.

Para amostrinhas de outros blogs sobre essas e outras cores da coleção, clica aqui, aqui, aqui e aqui.

Posts Relacionados
Base, Maquiagem, Resenhas
Resenha: Dior Nude Air Serum Foundation
17/09/2018
Maquiagem, Máscara para sobrancelhas, Resenhas
Resenha: Benefit Gimme Brow +
17/09/2018
Amostrinhas, Batom, Maquiagem
Batom Guerlain Rouge G
13/09/2018
Amostrinhas, Batom, Maquiagem

Batom Matte Vult em bala (#01, #03 e #14)

Cores #01, #03 e #14

Recentemente, a Vult lançou batons em bala com acabamento matte. A promessa é de fórmula hidratante e nutritiva com alta cobertura e acabamento sequinho.

A linha conta com 24 cores que vão dos nudes básicos a vinhos e roxos bem marcantes.

Os batons custam em torno de R$20,00 reais e podem ser adquiridos em farmácias e sites como Época Cosméticos (R$20,94) e Beleza na Web (R$16,90).

Amostrinhas + close e teste de transferência tom #14

Recebi a coleção completa via assessoria de imprensa e resolvi começar os testes com três tons:

  • #01, nude bem neutro, não puxa pra rosa, cinza, pêssego, etc.
  • #03, cor de boca lindo com com toque alaranjado/queimado.
  • #14, vinho mais aberto com luminosidade rosada bem discreta.

A pigmentação dos três é muito boa! #14 é o mais opaco e de textura mais seca entre os três, do tipo que a bala trava na pele, sabe? Não desliza tão fácil.

O batom #03 é um pouco mais confortável de aplicar e o #01 é o mais macio dos três. Ele tem uma pegada mais cremosa sem perder o visual sequinho.

Batom #01

Batom #03

Batom #14

Adorei todas as cores! #01 e #03 são ótimas pra todo dia, mas #14 é minha favorita absoluta. Achei o tom super bonito e diferente de outros vinhos que já tenho em casa, porque não é tão fechado.

Ok, esse batom é mais chato de passar na boca, mas pensando pelo lado positivo, sua textura seca faz com que ele transfira pouquíssimo. Com certeza é a tonalidade mais resistente entre as três!

#01, #03 e #14

Para ver mais posts de amostrinhas dessas e de outras cores da coleção de batons em bala matte da Vult, clica aqui, aqui e aqui.

PS: Na hora de comprar, preste atenção na etiqueta que fica na “bunda” da embalagem, porque o visual da linha matte é o mesmo da linha de cores cremosas. Procure pela palavra matte na etiqueta.

Posts Relacionados
Base, Maquiagem, Resenhas
Resenha: Dior Nude Air Serum Foundation
17/09/2018
Maquiagem, Máscara para sobrancelhas, Resenhas
Resenha: Benefit Gimme Brow +
17/09/2018
Amostrinhas, Batom, Maquiagem
Batom Guerlain Rouge G
13/09/2018
Corretivo, Maquiagem, Resenhas

Resenha: Corretivo Líquido HD Alta Cobertura Vult

corretivo1

corretivo4

StarStarStarStarStar

3,8 estrelinhas

Acumulou nas minhas linhas finas e o acabamento seco é BEM seco, mas achei a cobertura boa.

A descrição diz o seguinte:

Possui alta cobertura, textura aveludada e toque seco. Disfarça as imperfeições da pele, proporcionando um acabamento uniforme, natural e de alta resolução. Enriquecido com Pantenol e Vitamina E, auxilia na hidratação da pele e possui ação antioxidante.

Essa linha de corretivos HD da Vult tem 9 tons ao todo e eles custam R$22,90 reais em lojas e sites como o Beleza na Web.

corretivo2

corretivo3

  corretivo5

Ingredientes e amostrinhas (misturinha dos dois tons no olho)

Assim como acontece com as bases HD da Vult (resenha aqui), os corretivos tem siglas e números para auxiliar na escolha da cor.

Números baixos são para tons mais claros de pele e números altos são para tons mais escuros.

  • Cores com a sigla R tem fundo rosado.
  • Cores com a sigla B tem fundo bege / amarelado.
  • Cores com sigla M tem fundo mais quente e alaranjado.

Além dessas tonalidades, a Vult também lançou duas cores em salmão para cancelar o tom das olheiras em conjunto com a base ou com o corretivo de cor “normal”.

São elas RN-300 (pele clara) e MN-300 (pele escura).

Para chegar na cor que considero ideal pra mim, acabei fazendo uma mistura com os tons B-112 e R-102.

corretivo6

Olheiras ao natural e com corretivo (misturinha dos dois tons)

A textura do corretivo é mais encorpada (espalha bem dependendo da ferramenta) e seu acabamento é MUITO seco.

Eu não tenho pele seca e depois de um tempo com o corretivo sobre as olheiras, achei o aspecto pouco natural e meio craquelado/reboco, porque acumulou nas minhas linhas finas.

Ficou ótimo logo que fiz as fotos, mas pesou ao vivo, sabe?

Pra garantir melhores resultados, é importante hidratar bastante a área e, às vezes, deixar de lado aquele pó amigo para assentar o produto no lugar.

Quanto à aplicação, não fui muito feliz com esponja, que é o que costumo usar.

Não sei se é pela textura mais encorpada, mas sempre que tento esfumar o corretivo da Vult desse modo, a cobertura não fica tão alta.

Para cobrir bastante (e esse corretivo cobre bem), melhor usar o dedo ou um pincel denso de cerdas artificiais, tipo o FS54 da Pink Gloss, dando batidinhas sobre a pele.

corretivo7

corretivo8

Maquiagem pronta

Fora o acúmulo nas linhas finas, a cobertura se mantém por horas.

Ao final do dia, algumas linhas podem estar marcadas, mas as olheiras ainda estão cobertas.

Resumindo:

Boa pigmentação, boa fixação e bom preço, mas o acabamento é seco demais. Se você tem pele bem oleosa, pode valer a pena. Se a sua pele é seca ou com muitas linhas, melhor procurar outro corretivo.

Detalhes da nota:

Textura/Aplicação: 3/5
Cobertura/Pigmentação: 4/5
Fixação: 5/5
Preço: 5/5
Apresentação: 3/5
Relação Realidade x Descrição Oficial: 3/5
Média: 3,8

Para visualizar a lista completa de critérios e notas, clique aqui.

Posts Relacionados
Base, Maquiagem, Resenhas
Resenha: Dior Nude Air Serum Foundation
17/09/2018
Maquiagem, Máscara para sobrancelhas, Resenhas
Resenha: Benefit Gimme Brow +
17/09/2018
Amostrinhas, Batom, Maquiagem
Batom Guerlain Rouge G
13/09/2018

Fechar