Batons We Love Tint Vult

Batons We Love Tint Vult

Batons We Love Tint Vult
Batons We Love Tint Vult

Um dos lançamentos mais recentes da Vult é uma linha de batons de longa duração.

Batizada de We Love Tint, a linha promete fórmula revolucionária, que fixa a cor nos lábios por até 12h, além de não borrar e não transferir.

Recebi as cinco tonalidades e fiquei com três para experimentar.

Os batons We Love Tint custam R$29,90 cada em lojas físicas e virtuais.

Batons We Love Tint Vult
Batons We Love Tint Vult

Cores

  • Contatinho é um nude super bonitinho e meu tom preferido dos que testei.
  • Deu Match é vinho e o mais chato de passar, porque aplica manchado.
  • Mozão é um vermelho intenso.

Achei a pigmentação ok.

Como os batons tem textura super fina (é praticamente água), você precisa passar uma camada generosa.

No caso da cor Deu Match, foi preciso aplicar duas camadas para que a cor ficasse mais homogênea e eu fiz isso correndo, pois a fórmula seca super rápido e esse tom tende a manchar ao invés de cobrir os lábios por igual.

Batons We Love Tint Vult
Batons We Love Tint Vult

Aplicação

A indicação de uso é agitar o tubinho, passar a cor, esperar secar sem friccionar os lábios e então finalizar com o top coat transparente.

De acordo com a marca, é normal sentir um leve desconforto quando você aplica a cor.

Os batons tem cheiro de álcool e eu senti uma leve ardência ao passá-los nos lábios.

Eles grudam bastante enquanto estão secando, mas isso passa rápido!

O top coat da linha We Love Tint não é pegajoso e faz muita diferença no conforto.

Acho difícil usar as cores sem a camada de brilho por cima, porque a sensação é meio estranha.


Batons We Love Tint Vult

Fixação

Quando você bebe ou come alguma coisa, o top coat passa pro copo ou pro guardanapo, mas a cor não sai.

Os batons realmente não carimbam e foi difícil remover as amostrinhas que fiz no braço e aplicar e remover três cores na sequência pras fotos do post, mas uma coisa que me incomodou é que pouco tempo após aplicar cada tom, notei que eles “encolhiam” nos lábios, deixando cantos e beiradas descobertos.

A tonalidade que usei por mais tempo no teste foi a Deu Match e o engraçado é que a diferença do batom antes e depois do almoço foi mínima, mas ele não estava bonito antes do almoço, porque, como disse antes, o tom “encolheu” na boca, deixando cantos sem cor.

Nas fotos acima, vocês podem ver o Deu Match recém aplicado, depois do almoço e ao final do dia.

PS: Favor não reparar na cara toda oleosa nas fotos do “depois”. Estava testando outros produtos e não podia retocar a maquiagem.