Clube do Livro do Marinão

Pra quem está chegando agora e não conhece o Clube

Mensalmente um título é escolhido e anunciado aqui no blog e lá no meu Instagram (@marina2beauty).

Algumas semanas depois, quando todos já tiveram tempo para ler o livro, acontece uma live no Instagram pra gente conversar sobre ele.

Também trocamos dicas para as próximas leituras, falamos sobre séries, filmes, vinhos e outras coisas divertidas.

É MARA!

Clube do Livro do Marinão

Imagem: Shutterstock.com

Detalhes da quarta edição

O livro escolhido é E Não Sobrou Nenhum da Agatha Christie.

Esse foi o primeiro título da Agatha que li, muuuito tempo atrás, quando tinha uns 12 anos.

Na época, ele tinha outro nome: O Caso dos 10 Negrinhos.

Me marcou demais, porque foi minha primeira leitura que não era *obrigação* ou melhor, era obrigação, porque fazia parte das sugestões de leitura das férias da escola, mas foi a primeira vez que li alguma coisa realmente com gosto, sabe?

A história é surpreendente e lembro de começar e terminar o livro no mesmo dia.

Talvez tenha sido a minha primeira maratona de qualquer coisa na vida :)

Sobre o livro

Dez pessoas diferentes recebem um mesmo convite para passar um fim de semana na remota Ilha do Soldado. Na primeira noite, após o jantar, elas ouvem uma voz acusando cada uma de um crime oculto cometido no passado. Mortes inexplicáveis e inescapáveis então se sucedem. E a cada convidado eliminado, também desaparece um dos soldadinhos que enfeitam a mesa de jantar. Quem poderia saber dos dez crimes distintos? Quem se arvoraria em seu juiz e carrasco? Como escapar da próxima execução?

. . . . .

No seu momento de maturidade literária, intensa criatividade e inventividade, Agatha Christie nos brinda com “E Não Sobrou Nenhum”, considerado o melhor livro de suspense de todos os tempos, uma pérola do romance policial.

Uma trama urdida cuidadosamente onde nenhum detalhe está fora do lugar, com a construção de incríveis elementos: a ilha deserta e isolada, a grande mansão e principalmente o fato de todos os convidados serem mutuamente suspeitos.

Com essa atmosfera a autora já abre inúmeras possibilidades para a evolução da trama, e este é um dos seus grandes trunfos utilizados com muita argúcia para enriquecer o enredo.

Outro fator que atesta a importância e a força desta ambientação é que os elementos utilizados por Agatha Christie tornaram-se alguns dos lugares-comuns mais visitados de toda a ficção policial em filmes, seriados, novelas e até mesmo em jogos de tabuleiro.

Outro aspecto explorado no romance é a exposição de facetas psicológicas dos personagens que ganham grande importância, pois é desta camada que vão surgindo alguns estados de loucura que são evidenciados em função do confinamento, do medo de ser a próxima vítima e da suspeita mútua de quem possa ser o assassino.

Os supostos crimes cometidos vêm à tona, e ao longo do livro vão ganhando camadas e elucidando os motivos que unem personagens tão díspares. Culpados ou inocentes? Algozes ou vítimas? Nesse jogo de gato e rato identificar o assassino não é tarefa fácil e o leitor vai aventando possibilidades, perscrutando os personagens e mergulhando nesta trama onde culpa, arrependimento e loucura vão se confundindo.

Data da live

Está marcada para o dia 28 de outubro, domingo, às 19h.

UPDATE: por causa de um compromisso, a live foi remarcada para o dia 07 de novembro, quarta-feira, às 19h.

Até lá, pessoal! E boa leitura :)


Promo com brinde La Roche-Posay