2013 foi o ano em que eu realmente me preocupei em ser mais saudável. Sabe como é… não dá pra passar a vida inteira sentada em frente ao computador e comendo só porcaria.

Mudei algumas coisas na minha rotina, mas não foi nada muito complicado, porque sou bem preguiçosa. Abaixo estão parte dessas mudanças que organizei em forma de dicas para compartilhar no blog.

Bora lá!

dicas1 dicas2

1. Troque refrigerante por água.

Desapeguei do refrigerante em 2012. A primeira semana foi uma droga, mas em pouco tempo eu já havia me acostumado. Refrigerante normal tem muito açúcar, né? E refrigerante diet é uma bomba de aspartame. Eu sei que água pura não parece muito excitante, mas você pode picar algumas frutas e fazer água aromatizada (receita aqui) ou tomar suco. E não precisa largar de uma vez só! Tome água para matar a sede no dia a dia e deixe o refrigerante para de vez em quando, numa ocasião apropriada, tipo um jantar com amigos para comer cheeseburger ou pizza (#gordice).

2. Reorganize a geladeira e os armários da cozinha.

Deixe os alimentos saudáveis no topo ou nas prateleiras mais acessíveis e organize no fundo ou mais para baixo as sobremesas e os docinhos. Parece besteira, mas ajuda bastante, viu? Ao invés de guardar frutas, cenoura, alface, etc. na gaveta dos vegetais que fica na parte de baixo (fácil de ser esquecida), eu coloco eles nas prateleiras mais altas. O Danoninho que eu tanto amo, coloco no fundo da geladeira e até “escondo” atrás de outros alimentos. Sabe aquela coisa de “o que os olhos não vêem, o coração não sente”? É tipo isso, só que com sobremesas e o seu estômago.

dicas3 dicas4

3. Não tem tempo para preparar a salada? Compre ingredientes que já vem limpos e picados.

Se eu tivesse que lavar e secar folhas de alface para colocar no sanduíche ou na salada, jamais comeria alface. Fora isso, se os vegetais e legumes já estão limpos e picados, prontos para uso, a chance deles aparecerem no meu prato é muito maior. Hoje em dia, todos os supermercados oferecem embalagens com cenouras ou beterrabas raladas, alface limpa e separada em saquinhos, couve picadinha, etc. É só abrir e comer!

4. Preguiça de ir à feira/supermercado semanalmente para comprar legumes frescos? Compre congelados!

Tirando alguns itens que consumo em grande quantidade (como cenoura, brócolis e alface), boa parte das coisinhas naturebas da minha geladeira são congeladas. Milho, ervilha, vagem, espinafre… e até algumas misturas que você encontra prontas no supermercado. Exemplo: eu gosto de pimentão, mas não a ponto de comer um inteiro por dia. Solução: mistura pronta de pimentão amarelo, abobrinha, cenoura e cogumelos picados. Demoooora para estragar e é super fácil de fazer! Adoro cozinhar com massa, porque aproveito o vapor da água para fazer os legumes. Depois de cozidos, é só misturar com a massa, um pouco de azeite, parmesão e voilá! Almoço pronto em apenas 15 minutos.

dicas5 dicas6

5. Mexa seu corpo pelo menos 3x por semana.

Não precisa virar rainha de academia, ok? Aliás, não precisa nem da academia. Caminhar por 45min, 3x por semana, é bom pra saúde e não custa nada para o bolso. Quando estou de saco cheio da academia, ao invés de fazer alguma aula, vou para a rua aproveitar o horário de verão. Levo uma playlist bacana e o tempo voa!

6. Use as escadas sempre que possível.

Se você mora no 15o andar, talvez não seja a melhor coisa do mundo (hehehehe)… Não precisa subir ou descer TODOS os andares. Suba uns 5 e pegue o elevador pro resto. No trabalho, se você tem que ir ao andar acima ou abaixo do seu, vá e volte pelas escadas. A gente já passa tanto tempo sentado em frente ao computador que não é tão ruim assim subir ou descer alguns degraus de vez em quando, né?

dicas7 dicas8

7. Não pule refeições.

Não pule o café da manhã, não almoce às 12h e só vá comer de novo às 21h, quando for jantar. Se você passa muito tempo sem comer, seu corpo tende a segurar tudo que você ingerir. É fácil esquecer de fazer um ou dois lanchinhos a tarde (depende dos horários e rotina de cada um), mas não é nada que um post it no computador ou um lembrete no celular não resolva.

8. Coma pelo menos uma fruta por dia.

Eu não sou fã das frutas, mas como pelo menos uma porção por dia. Existem tantos tipos diferentes que inevitavelmente um deles será do seu agrado. Gosto de maçã verde ou vermelha e de frutinhas como framboesas ou mirtilos. Penso nelas como remédio: frutas são ricas em fibras e fibras fazem bem para o corpo.

dicas9 dicas10

9. Massagem é tudo de bom!

Comecei a fazer massagem uma vez por semana há uns 3 meses e é um dos momentos mais felizes da minha rotina. Optei for fazer drenagem linfática. Além de relaxante, ela também ajuda a dimiuir o inchaço/retenção de líquido e melhora a circulação. A drenagem é uma massagem manual de pressão leve, concentrada principalmente em gânglios linfáticos e no fluxo natural do sistema linfático. A-MO!

10. Largue o celular quando for para a cama.

Sabe quando você deita e resolve pegar o celular para dar uma última olhadinha em Facebook, Instagram, Twitter e e-mail e quando se dá conta já passou da 1h da manhã e o sono foi embora? Então… evite usar o celular ou tablet na cama, porque eles são repelentes do sono e uma noite de sono curta ou mal dormida é garantia de mau humor e falta de disposição no dia seguinte.