Maquiagem de Gente Rica Parte I: Guerlain Blush Éclat Cherry Blossom

Cherry Blosssom Guerlain

Minha amiga Amália tinhas alguns makes repetidos e me perguntou se eu não gostaria de ficar com eles.

Quando olhei dentro da sacola e vi três caixinha da Guerlain, meu queixo foi lá no chão e por alguns instantes, fui tomada por um sentimento indescritível de satisfação.

Começou assim:

E terminou mais ou menos assim:

Aí eu abri as caixinhas, chorei algumas lágrimas de emoção e comecei a experimentar tudo.

Fui pesquisar sobre o blush lindíssimo que seria o primeiro da trinca de posts e acabou que o título Maquiagem de Gente Rica não é no sentido de “Uau! Esse produto me dá um ar de milionária” e sim no sentido de “Uau! Eu preciso tirar um empréstimo pra pagar a fatura do meu cartao”, porque uma unidade do Cherry Blossom custa R$219,00 reais.

Eu disse

DUZENTOS

E

DEZENOVE

REAIS!

Quase perdi o ar por um momento.

Voltando ao assunto… Cherry Blossom é um blush da coleção de primavera da Guerlain que mistura tons de rosa e pêssego em um desenho que lembra as flores de cerejeiras japonesas.

De acordo com a descrição do site:

Blush Éclat Cherry Blossom é ultra leve e transparente, dando vida às bochechas claras de inverno.

As cores extremamente suaves dão brilho natural proporcionando um “ar saudável” a pele.

A embalagem preta é linda e PESADA. Não sei se é plástico, tanto pelo peso quanto pelo som que faz quando bato minhas unhas sobre a tampa.

Parece metal, mas não é. Talvez seja um plástico extra-duro… não tenho certeza.

O pincel chanfrado que acompanha o blush é super macio, mas pequeno demais pro meu gosto.

E cá entre nós, vocês já notaram que quanto mais cara a maquiagem, mais pesado é o estojinho?

E ele sempre vem acompanhado de uma capinha de veludo.

SEMPRE.

Talvez esses detalhes façam com que você não se sinta tão lesada pelos preços exorbitantes.

Amostrinha na pele

Misturando todas as cores do estojo, você acaba com um rosa clarinho e cintilante.

Vale lembrar que após uma ou duas aplicações, sobram apenas os tons de rosa claro e pêssego no desenho blush.

A camada de rosa escuro que dá o “tchã” é muito superficial e some após algumas pinceladas.

Observe:

Cadê o rosa mais escuro???

Na minha cutis morena tropical, o tom aparece pouco. É quase como se eu não tivesse aplicado nada nas bochechas.

Dá pra notar um tico de rosa e um pouco do brilho.

Na minha humiiiilde opinião, seria legal se o rosa escuro não fosse apenas uma camada fina sobre as outras cores, porque assim o blush funcionaria pra muito mais gente, mas okay…

A própria descrição diz que “Blush Éclat Cherry Blossom é ultra leve e transparente, dando vida às bochechas claras de inverno.”

E ele é, DE FATO, ultra leve e transparente, só que a Amália tem a pele muito mais branquinha que a minha e nela também acontece toda essa coisa do blush ficar super discreto.

Na bochecha

Resumindo:

Se você tem pele clarinha e din-din sobrando pra gastar em um mimo, o Cherry Blossom é uma boa opção de blush rosado daqueles que é impossível de pesar a mão.

Se você é como eu (pretinha e meio pobrinha), melhor investir em opções mais em conta.