Categoria

Base

Base, Maquiagem, , Resenhas

Resenha: NYX Stay Matte But Not Flat Powder Foundation

nyx1

nyx2

StarStarStarStarStar

3,6 estrelinhas

A cobertura poderia ser mais alta, já que é uma base em pó, mas, no geral, me gusta!

A descrição (traduzida por mim) diz o seguinte:

Quer acabamento matte para te ajudar a conseguir uma pele sem falhas? Agora disponível em mais 10 belas cores, nossa base em pó Stay Matte But Not Flat tem o acabamento ideal para embelezar mais tons de pele do que nunca. Você ficará naturalmente perfeita com o mínimo de esforço!

Sua fórmula é enriquecida com minerais, é livre de talco e óleo e é resistente à água e ao suor.

Stay Matte But Not Flat custou €11,85 euros numa loja DM em Limburg.

Nos EUA, a mesma base em pó custa $9,50 dólares e no Brasil, R$69,30 reais na loja virtual da NYX.

nyx3

nyx4

nyx5

Ingredientes, embalagem e amostrinha tom Tan

Adquiri a Stay Matte na cor SMP09 Tan, a mais escurinha disponível no mostruário da DM.

O tom fechou certinho com a minha pele (de referência, uso bases NC40 ou NC42 da MAC).

A textura do pó é fina e macia e, mesmo tendo toque seco, seu acabamento não é totalmente opaco.

A base em pó tem leve luminosidade acetinada, o que eu gosto bastante, porque dá um ar mais natural à pele.

O estojo da Stay Matte vem com espelho e esponja, mas eu não recomendo usar a esponja durante a aplicação, porque ressalta qualquer machucado ou textura diferente da pele.

nyx6

Rosto sem e com a base em pó

nyx7

Close no acabamento (aplicação com esponja)

Não dá pra notar muito bem na imagem acima, mas a base em pó aplicada com a esponja realçou o ressecamento na área logo abaixo das minhas olheiras, ao redor do nariz e na ponta do queixo.

Ao esfumar o mesmo produto com um pincel kabuki, não tive problemas!

Quanto à cobertura, ela não é das mais altas.

Na caixinha diz que a base em pó é “full coverage” (cobertura alta) quando aplicada seca e “heavy duty coverage” (cobertura muito alta) quando aplicada com pincel/esponja molhada.

Só experimentei a aplicação seca e achei que a base tem cobertura de leve à média (dependendo de quantas camadas você passar).

nyx9

nyx8

Maquiagem pronta com filtro com cor Vichy, corretivo e base em pó NYX (aplicada com kabuki)

Eu não tenho grandes problemas de pele, então não preciso de muita coisa além de um corretivo nas olheiras e algumas pinceladas da Stay Matte para deixar o aspecto geral do rosto mais homogêneo.

Pra quem está em busca de mais cobertura, a base sozinha provavelmente não irá agradar.

O pó não é pesado e que fica bonito ao ser combinado com BB Creams e bases para adicionar um pouco de cobertura e assentar produtos líquidos ou cremosos.

Fora isso, o acabamento semi-matte dá um aspecto muito bonito à pele e fotografa bem.

Estava usando a Stay Matte quando fiz esse vídeo aqui!

laroche7

laroche6

nyx12

Antes e depois (maquiagem feita com filtro com cor La Roche e base em pó NYX)

Achei a fixação mais ou menos.

A cobertura enfraquece bastante depois de muitas horas, mas não chega a desaparecer por completo.

Vale dizer que tô assoando muito o nariz e nessa área a cobertura some rapidinho, o que é compreensível.

Quanto ao controle da oleosidade, não notei melhora ou piora no brilho da minha pele.

Após um dia inteiro, meu nariz fica lustroso, mas não é nada fora do que é normal pra minha pele.

PS: O brilho do nariz na foto do “depois” é de oleosidade, mas nas têmporas e bochecha é de iluminador, ok? hehehe

Estava usando o Master Strobing Stick da Maybelline (resenha aqui).

Resumindo:

Essa base é prática e rápida de aplicar, tem sensação leve na pele e dá um acabamento acetinado que acho muito bonito.

A cobertura não é das mais altas, então quem tem muitas manchas para corrigir, melhor optar por outra base em pó ou aplicá-la em conjunto com BB Cream ou base líquida para turbinar a cobertura.

Detalhes da nota:

Textura/Aplicação: 5/5
Cobertura/Pigmentação: 3/5
Fixação: 3/5
Preço: 3/5
Apresentação: 3/5
Relação Realidade x Descrição Oficial: 5/5
Média: 3,6

Para visualizar a lista completa de critérios e notas, clique aqui.

Posts Relacionados
Iluminador, Maquiagem, Resenhas
Resenha: Iluminador Dailus Faces da Lua (cor Destemida Lua Crescente 04)
21/01/2019
Maquiagem, Máscara de cílios, Resenhas
Resenha: Rímel Essence I Love Extreme Volume Waterproof
14/01/2019
Maquiagem, Vídeos
Favoritos dos últimos tempos (dezembro 2018 / janeiro 2019)
08/01/2019
Base, Maquiagem, Resenhas

Resenha: Shiseido Synchro Skin Lasting Liquid Foundation SPF 20

shiseido1

StarStarStarStarStar

3,8 estrelinhas

A-DO-REEEEI!

A descrição diz o seguinte:

Revela a beleza da pele por meio da sua perfeita sincronização.

Uma base inteligente e de longa duração que realça a pele, tornando-a lindamente luminosa e perfeitamente indetectável. A versão definitiva para uma pele natural.

Tecnologia única que trabalha com a pele para revelar o seu melhor.

Enquanto escrevo essa resenha, a base Synchro Skin ainda não foi lançada no Brasil.

Não tenho informação do preço, mas imagino que será alto, já que outras bases da Shiseido custam em torno de R$300,00 reais.

UPDATE: A base chegou ao Brasil! O preço é R$359,00 reais nas lojas e no site da Sephora.

Nos EUA, o frasco de 30ml da Synchro Skin custa $45 dólares.

shiseido2

shiseido3

Ingredientes e amostrinhas

A embalagem é um frasco de vidro fosco bonito com pump, mas eu tenho uma reclamação à fazer:

A tampa não fecha direito. Não faz “click”, sabe? Fica meio frouxa…

Fora isso, só amor!

A linha Synchro Skin tem 12 tons divididos em Rose (rosados), Neutral (neutros) e Gold (amarelados).

No site Temptalia.com tem amostrinhas de todos eles.

Recebi a cor Neutral 3 para experimentar e ela deu certo com a minha cor natural de pele.

shiseido4

Pele ao natural e com Synchro Skin

shiseido5

Teste de transferência + close acabamento

A cobertura da base é de média para média potente e sua textura é levinha.

De acordo com o release, a fórmula da Synchro Skin tem um tal de “Powder Network” que ajuda a dar à base textura suave, fazendo com ela que se encaixa uniformemente sobre a pele.

Também tem “Polímero Micro-Fit” , “Polímero Corretor” e “Pigmento Transparente EX”.

De acordo com o texto, o primeiro item repele oleosidade e mantém a maquiagem com aparência de recém aplicada por mais tempo.

O segundo mantém o tom natural da pele, enquanto corrige poros e asperezas.

O terceiro é um pigmento que produz cores brilhantes que não ressecam no momento da aplicação.

shiseido7

base_shiseido2

base_shiseido

Maquiagem pronta

Na prática, a base espalha com facilidade e assenta na pele depois de alguns minutos, ficando mais sequinha ao toque.

Ainda assim, transfere (vide imagem mais lá pra cima) e acumulou um pouquinho nas linhas finas que tenho logo abaixo dos olhos.

De resto, Synchro Skin deu conta de deixar meu rosto bem homogêneo e com acabamento matte que não é carregado ou artificial.

Gostei bastante da minha pele ao vivo e em todas as fotos que fiz enquanto estava maquiada com ela.

Tenho usado a Synchro Skin combinada com uma camada leve de Blot Powder MAC apenas na zona T, porque a minha pele é mista e eu prefiro não correr risco de ficar com o nariz lustroso mesmo que a base seja mais sequinha.

base_shiseido3

Maquiagem ao final da noite

Falta usar esse produto no verão para ter certeza do seu poder de controle da oleosidade.

O que eu posso dizer agora é que a cobertura se mantém intacta por mais de oito horas e que o brilho só dá o ar da graça no meu nariz (e de forma muito leve) depois desse período.

Resumindo:

Amei!

As únicas desvantagens são o preço e a maldita tampa frouxa.

Detalhes da nota:

Textura/Aplicação: 5/5
Cobertura/Pigmentação: 4/5
Fixação: 5/5
Preço: 1/5
Apresentação: 4/5
Relação Realidade x Descrição Oficial: 4/5
Média: 3,8

Para visualizar a lista completa de critérios e notas, clique aqui.

Posts Relacionados
Iluminador, Maquiagem, Resenhas
Resenha: Iluminador Dailus Faces da Lua (cor Destemida Lua Crescente 04)
21/01/2019
Maquiagem, Máscara de cílios, Resenhas
Resenha: Rímel Essence I Love Extreme Volume Waterproof
14/01/2019
Maquiagem, Vídeos
Favoritos dos últimos tempos (dezembro 2018 / janeiro 2019)
08/01/2019
Base, Maquiagem, Resenhas

Resenha: NARS Base Velvet Matte Skin Tint SPF 30

nars1

StarStarStarStarStar

3,5 estrelinhas

Óia… Minha pele terminou o dia bem sequinha.

Essa foi a melhor parte! De resto, esperava um produto mais leve pelo “Tint” do título, o que não confere, já que sua textura é mais encorpada e sua cobertura é mais alta e menos natural que a de um Tint ou BB Cream.

A descrição diz o seguinte:

Velvet Matte Skin Tint SPF 30 proporciona à pele proteção e uma perfeição mate suave de longa duração.

A fórmula livre de óleo cumpre com a assinatura de NARS ao criar um acabamento natural com brilho controlado, ao mesmo tempo em que beneficia a pele um tratamento multifuncional.

Resultados Instantâneos:
– Os pós transparentes melhoraram instantaneamente a aparência da pele, difundindo imperfeições através de seu efeito ótico.
– O formato esférico único dos pós, proporciona uma sensação aveludada e conforto superior na aplicação.

Benefícios a Longo Prazo
– O Rose Fruit Extract ameniza a aparência dos poros e controla a oleosidade.
– As Vitaminas C e E, assim como o fator de proteção solar FPS 30 protegem contra os danos causados pelos radicais livres causados pelo stress ambiental.

A base é cara… Uma bisnaga de 50ml custa R$239,00 reais no site e nas lojas da Sephora Brasil.

nars2

Amostrinha cor St. Moritz Medium 1

nars5

Pele nua e com uma camada da base

nars4

Close-up acabamento

Recebi a cor St. Moritz Medium 1 para experimentar e ela é mais alaranjada que o tom natural da minha pele.

Consegui aliviar o laranja com um pouco do Blot Powder da MAC na cor Medium Dark, que, mesmo com esse nome, ainda é clarinho.

A textura da Velvet Matte Skin Tint é encorpada.

Até dá pra aplicar com os dedos, mas como não é muito fluída, eu achei mais fácil usar um kabuki flat top para cobrir o rosto de forma homogênea.

O acabamento é sequinho e aveludado e a cobertura não chega a ser alta, mas é bem satisfatória se você não tem muito o que camuflar.

INGREDIENTES:
Methyl Trimethicone • Alcohol • Water/Aqua/Eau • Adipic Acid/Neopentyl Glycol Crosspolymer • Ethylhexyl Methoxycinnamate • Isononyl Isononanoate • Lauryl Peg-9 Polydimethylsiloxyethyl Dimethicone • Dimethicone • Ethylhexyl Salicylate • Trimethylsiloxysilicate • Disteardimonium Hectorite • Isododecane • Dimethicone/Peg-10/15 Crosspolymer • Calcium Carbonate • Fragrance (Parfum) • Sodium Chloride • Triethoxycaprylylsilane • Aluminum Hydroxide • Trimethylsiloxysilylcarbamoyl Pullulan • Hydroxyapatite • Tocopheryl Acetate • Rosa Multiflora Fruit Extract • Ascorbyl Tetraisopalmitate • Citral • Geraniol • Limonene • Linalool • [+/- (May Contain/Peut Contenir): Titanium Dioxide (Ci 77891) • Iron Oxides (Ci 77491) • Iron Oxides (Ci 77492) • Iron Oxides (Ci 77499)].

nars6

nars7

Maquiagem pronta (com corretivo, batom, pó, etc.)

Achei curioso que o segundo ingrediente da base é álcool…

Não tive efeito rebote, não senti cheiro forte ou desconforto/irritação, mas fica aqui o aviso pra quem tem pele sensível.

Quanto aos “pós transparentes que melhoraram instantaneamente a aparência da pele”, aconteceu o seguinte: Num primeiro momento, a base deu um tapa nos meus poros, mas, ao final do dia, acabou criando uma textura engraçada na lateral do meu nariz e acumulou na linha mais acentuada que tenho no queixo.

Por conta disso, não recomendo para peles maduras ou que tenham muitas linhas e vincos.

nars3

Teste do lencinho

nars8

Base depois de 8 horas de uso

De resto, ela transfere pouco e mantém a cobertura ao longo do dia.

Depois de horas e horas maquiada, a zona T da minha pele mista continuou sequinha, o que me deixou muito impressionada.

Não fosse pela textura estranha no meu nariz, teria ficado ainda mais feliz.

Resumindo:

Funciona bem em peles mistas e oleosas que não tenham muitas linhas e rugas.

Ajuda a manter o rosto com aspecto sequinho por mais tempo, mas por ser mais encorpada e seca, acaba acumulando/ressaltando vincos.

Detalhes da nota:

Textura/Aplicação: 4/5
Cobertura/Pigmentação: 3/5
Fixação: 5/5
Preço: 1/5
Apresentação: 3/5
Relação Realidade x Descrição Oficial: 5/5
Média: 3,5

Para visualizar a lista completa de critérios e notas, clique aqui.

Posts Relacionados
Iluminador, Maquiagem, Resenhas
Resenha: Iluminador Dailus Faces da Lua (cor Destemida Lua Crescente 04)
21/01/2019
Maquiagem, Máscara de cílios, Resenhas
Resenha: Rímel Essence I Love Extreme Volume Waterproof
14/01/2019
Maquiagem, Vídeos
Favoritos dos últimos tempos (dezembro 2018 / janeiro 2019)
08/01/2019
Base, Maquiagem, Resenhas

Resenha: Guerlain Parure Gold Radiance Foundation

g1

StarStarStarStarStar

3,8 estrelinhas

Graças ao blog, essa base da Guerlain é uma das coisas mais lindas que já experimentei.

A embalagem é UM LUXO e seu conteúdo também é rico.

Parure Gold ainda não é vendida no Brasil (não encontrei em site algum), então aqui vai a descrição que traduzi do site americano da marca:

A base Guerlain Parure Gold banha sua face em luz rejuvenescedora com preciosos pigmentos de dupla face combinados com ingredientes ativos que aumentam a produção de colágeno.

Acariciada por uma textura de prazer puro, dia após dia a pele recupera beleza radiante e a vitalidade da juventude.

Naturalmente macia e homogênea, a tez é iluminada e brilhante.

Parure Gold é oferecida em uma gama de 12 tons luminosos e ultra naturais que diminuem os sinais do tempo e da fadiga.

Como não encontrei em site algum, chuto que o preço será de R$290,00 a R$300,00 reais quando a base chegar ao Brasil, já que essa é a média de preço de outras bases Guerlain por aqui.

g2

g3

Ingredientes e amostrinha (tom #03 Natural Beige)

Parure Gold é um relançamento.

A base está de volta com fórmula e visual atualizados.

A versão anterior tinha FPS 15 ++, enquanto a nova tem FPS 30 +++.

Sua embalagem preta laqueada é absurdamente linda e dá até pena de manusear, porque ela fica com marquinhas dos dedos.

Fora a embalagem incrível, a base tem um cheirinho floral bem agradável.

Recebi da assessoria a cor #03 Natural Beige para testar e ela funcionou direitinho na minha pele.

g7

Rosto antes e depois da base

g8

Close-up acabamento e teste do lencinho

Parure Gold tem textura fluída cremosa.

Sua cobertura é de média a média potente e o acabamento é mais sedoso / acetinado.

Não acentua poros, não acumula nas linhas finas e a sensação na pele é leve, confortável e hidratante.

Depois de aplicada, ela seca, mas não perde por completo o viço e, talvez por isso, transfere um pouco em lencinhos e guardanapos.

g4

Amostrinha em foto da maquiagem pronta com corretivo e pó

Amostrinha do aspecto da base em vídeo

g6

Maquiagem depois de 8 horas

Achei a fixação boa.

Nas fotos do post, fiz a pele com a base da Guerlain, pó Blot Powder da MAC e corretivo da NARS.

A cobertura se manteve digna por mais de 8 horas, mas a base não previniu a chegada da oleosidade.

Mesmo com o frio de 10 graus, ao final do dia, meu nariz e testa tinham um leve aspecto lustroso.

Resumindo:

Pessoas com pele mais seca e que não dispensam um creminho anti rugas podem simpatizar com ela.

Eu gostei do acabamento e da pegada anti idade e hidratante, especialmente nesses dias mais frios.

De negativo: Parure Gold é um produto de luxo bem caro e, pra quem tem pele oleosa e/ou mora num lugar quente, acho que não é a base mais indicada.

Detalhes da nota:

Textura/Aplicação: 5/5
Cobertura/Pigmentação: 4/5
Fixação: 4/5
Preço: 1/5
Apresentação: 5/5
Relação Realidade x Descrição Oficial: 4/5
Média: 3,8

Para visualizar a lista completa de critérios e notas, clique aqui.

Posts Relacionados
Iluminador, Maquiagem, Resenhas
Resenha: Iluminador Dailus Faces da Lua (cor Destemida Lua Crescente 04)
21/01/2019
Maquiagem, Máscara de cílios, Resenhas
Resenha: Rímel Essence I Love Extreme Volume Waterproof
14/01/2019
Maquiagem, Vídeos
Favoritos dos últimos tempos (dezembro 2018 / janeiro 2019)
08/01/2019
Base, Maquiagem, Resenhas

Resenha: Base Líquida Matific FPS15 Natura Una

natura1

StarStarStarStarStar

3,8 estrelinhas

Gostei bastante!

O acabamento é sequinho sem dar aspecto artificial à pele e a cobertura é bem legal pro dia a dia.

A descrição diz o seguinte:

A nova Base Líquida Matific apresenta uma fórmula exclusiva perfeita para mulheres com a pele normal ou oleosa. São 18 opções de tons das mais claras as mais escuras com formulação livre de óleos, que contém microesferas de babaçu que controlam o brilho excessivo, garantindo um acabamento com efeito matte no tom exato da sua pele. Assim, a Base Líquida Matific controla e reduz a oleosidade da pele por até 8h, garantindo uniformidade e um efeito natural ao longo do dia com proteção FPS 15. Afinal o seu rosto não tem nada para esconder, só para revelar.

Benefícios:
– Textura leve e livre de óleo com efeito matte.
– Controla e reduz a oleosidade por até 8h.

Recomendado para: Pele normal a oleosa.

A linha tem 18 cores ao todo e a base pode ser adquirida através do site ou com consultoras da marca por R$62,00 reais.

natura2

natura3

Amostrinhas tom Médio #4

Recebi o tom Médio #4 para testar.

A cor tem fundo mais rosado que o tom natural da minha pele, mas a diferença não ficou super gritante.

A base é líquida com textura mais encorpada e espalha sem problemas sobre a pele.

A cobertura é média / média potente.

No meu caso, precisou da ajuda de um pouco de corretivo para apagar por completo as olheiras e a minha cova abaixo dos olhos.

natura4

natura5

Rosto antes e depois, ingredientes e close acabamento

O acabamento dela é sequinho natural.

Depois de espalhada sobre o rosto, a base seca, mas não marca poros, linhas ou áreas ressecadas.

Ela é matte sem ter uma pegada mais aveludada ou de pó. Adorei!

Quanto à fixação, mesmo depois de seca, a base transfere um pouco, mas não é nada muito absurdo ou fora do normal.

A cobertura se mantém digna o dia todo e, no meu caso, o brilho aparece depois de umas cinco ou seis horas e é sempre pouquinho e só no meu nariz (a área mais oleosa do meu rosto).

Claro que estamos em junho/julho e a temperatura mais amena ajuda nesse sentido…

Falta saber como ela se portará no verão.

Se você mora num lugar quente e já experimentou, comenta!

natura6

natura7

Maquiagem pronta e pele depois de sete horas maquiada

Dentre as bases que testei nos últimos tempos, Base Alta Cobertura de Quem Disse, Berenice? e Base Fit Me da Maybelline, ela é a minha preferida.

A cobertura das três é mais ou menos parecida e ok, a base da Natura é mais cara e transfere um pouco mais que as outras duas, mas o acabamento é mais bonito e a seleção de cores da linha é menos alaranjada que a da Maybelline.

A única coisa que eu não gostei muito é que eu sinto um cheiro estranho quando me maquio com ela.

Mais alguém também achou o perfume dessa base esquisito?

Resumindo:

Se você tem pele normal ou oleosa e está procurando uma base de cobertura média com acabamento sequinho e natural, a base da Natura é uma boa pedida!

Detalhes da nota:

Textura/Aplicação: 5/5
Cobertura/Pigmentação: 3/5
Fixação: 5/5
Preço: 3/5
Apresentação: 3/5
Relação Realidade x Descrição Oficial: 4/5
Média: 3,8

Para visualizar a lista completa de critérios e notas, clique aqui.

Posts Relacionados
Iluminador, Maquiagem, Resenhas
Resenha: Iluminador Dailus Faces da Lua (cor Destemida Lua Crescente 04)
21/01/2019
Maquiagem, Máscara de cílios, Resenhas
Resenha: Rímel Essence I Love Extreme Volume Waterproof
14/01/2019
Maquiagem, Vídeos
Favoritos dos últimos tempos (dezembro 2018 / janeiro 2019)
08/01/2019
Base, Maquiagem, Resenhas

Resenha: Base Alta Cobertura de Quem Disse, Berenice?

qdb1

qdb2

StarStarStarStarStar

3,6 estrelinhas

No geral, é uma base ok, mas a cobertura não é tão alta assim e pegou de forma estranha em algumas áreas do meu rosto.

A descrição diz o seguinte:

A base alta cobertura possui vitamina com ação antioxidante e ainda FPS 15 que a ajuda a proteger a pele da radiação solar. Além de ingredientes especiais que absorvem a oleosidade, não obstrui os poros e deixa a pele com aquele toque aveludado. Alta cobertura, efeito mate, longa duração, não transfere, resistente a água e ao suor.

Manchinhas de base na roupa? Nunca mais! Sabe quando estamos com a pele pronta e o celular toca? Da aquele medo de deixar a maquiagem toda no telefone, ou quando você mancha toda a camisa branquinha de base? A nova base alta cobertura tem tecnologia no transfer e não deixa manchinhas por ai, pra isso espere a absorção total do produto. Você nem vai precisar de filtro nas suas fotos!

A base está disponível em 10 tons que podem ser adquiridos nas lojas ou no site da marca por R$61,90 reais cada.

qdb4

qdb3

qdb5

qdb6

Ingredientes e amostrinhas dos tons #5, #6 e #7

Achei a variedade da linha boa, pois são 10 cores que vão desde o branco palmito até o marrom bombom.

Recebi todas os 10 tons via assessoria de imprensa e como sou uma só, fiquei com algumas cores (#5, #6 e #7) e separei o restante para os desapegos do blog.

#5 e #6 são cores de tonalidade média, a diferença é que #5 é mais amarelada e #6 é mais rosada. Já o tom #7 é médio mais escurinho / bronzeado.

Nas fotos abaixo, estou usando uma mistura de duas partes da base cor #5 com uma parte da base cor #6.

qdb9

Pele ao natural e coberta pela base

Quanto à textura, a nova base de Quem Disse, Berenice? é um pouco mais encorpada do que bases de cobertura leve ou média, mas não é tão pesada quanto outras bases de alta cobertura.

O produto espalhou bem, exceto pelas laterais do meu nariz e pálpebra.

Nessas áreas, a base acumulou bastante nos poros e dobrinhas. Mesmo esfumando muito, primeiro com um pincel kabuki flat top e depois com os dedos, ainda ficou meio marcado (vide fotos).

Isso já me aconteceu com outros produtos. Acho que é por conta da fórmula, porque a textura da base é boa e rola um tempinho até que ela seque por completo.

qdb10

Close-up acabamento

Quanto ao acabamento, a base fica com um toque mais aveludado depois que ela assenta sobre a pele.

A sensação no rosto é confortável, então diria que o efeito é matte sem ser “seco”.

E a cobertura?

Achei que ela está mais para média potente do que para alta.

Pro meu caso, é mais do que suficiente! Mas se você tem muitas manchas ou olheiras super escuras, talvez fique desapontada quanto a esse aspecto.

Quem quiser ver a base “em movimento”, clica aqui para assistir o último vídeo de recebidos, porque filmei usando ela (+ um pouco de pó na Zona T  e corretivo nas olheiras).

qdb11

Teste de transferência

qdb8

Maquiagem completa

Logo depois de aplicada e seca, a base transfere pouco (vide teste do lencinho).

Com o passar do dia e o surgimento do brilho na pele / contato com comida ou bebida, a transferência em guardanapos e afins é mais alta, mas não é nada absurdo ou fora do comum.

Minha pele é mista e está fazendo muito frio por aqui, então não posso comentar definitivamente sobre a fixação do produto.

O que posso dizer é que ela se portou muito bem nesses dias de inverno.

Depois de mais de oito horas maquiada, a cobertura se manteve impecável e, fora um pouco de brilho no meu nariz, o resto da pele continuava sequinha.

No calor do verão, as coisas podem mudar…

qdb7

Maquiagem sem retoques ao final do dia

Resumindo:

A cobertura está mais para “média potente” do que para alta e o produto pode acumular nos poros como aconteceu comigo, mas, no geral, é uma base que transfere pouco e que mantém a cobertura por horas.

Fora isso, é sequinha sem ser desconfortável ou ter aspecto artificial e pesado.

Detalhes da nota:

Textura/Aplicação: 4/5
Cobertura/Pigmentação: 4/5
Fixação: 5/5
Preço: 3/5
Apresentação: 3/5
Relação Realidade x Descrição Oficial: 3/5
Média: 3,6

Para visualizar a lista completa de critérios e notas, clique aqui.

Posts Relacionados
Iluminador, Maquiagem, Resenhas
Resenha: Iluminador Dailus Faces da Lua (cor Destemida Lua Crescente 04)
21/01/2019
Maquiagem, Máscara de cílios, Resenhas
Resenha: Rímel Essence I Love Extreme Volume Waterproof
14/01/2019
Maquiagem, Vídeos
Favoritos dos últimos tempos (dezembro 2018 / janeiro 2019)
08/01/2019

Fechar