Resenha: BB Cream Big Easy da Benefit

Resenha: BB Cream Big Easy da Benefit

bigeasy1

StarStarStarStarStar

3,8 estrelinhas

Imagina o BB Cream da L’Oréal um pouco mais espesso, numa embalagem bem mais linda e com um preço bem mais alto…

Estou resumindo demais, mas é quase isso mesmo.

O BB Cream da Benefit é todo lindinho, tem textura e acabamento ótimos pra quem gosta de um toque natural aveludado, mas custa caaaaaro.

A descrição oficial diz o seguinte:

O Big Easy é o multi-balanceador da Benefit para uma pele perfeita que é mais que um BB Cream! Ele contém ingredientes conhecidos por balancear a pele e controlar a oleosidade. É perfeito para conseguir uma pele natural, aveludada, com acabamento seco. Disponível em 5 tons.

Por que é mais do que BB?

• Fórmula líquida-pó: super leve e confortável, funde-se perfeitamente à pele como um creme, mas deixa um acabamento em pó.

• É muito fácil achar o tom perfeito, pois se ajusta automaticamente ao tom da pele.

• Permite sobrepor camadas para obter coberturas diferentes.

• Protege de raios UVA e UVB com FPS 35 PA+++, prevenindo os sinais da idade.

• É livre de óleo, livre de fragrâncias e não comedogênico.

• Ótimo para todos os tipos de pele.

• Contém extratos botânicos derivados do alcaçuz, que balanceiam a pele.

• Contém gluconato de zinco, que controla a oleosidade e deixam a pele mais uniforme.

Uma unidade custa R$190 no Brasil e pode ser adquirida em qualquer loja ou site da Sephora.

bigeasy2

bigeasy3

bigeasy5

Amostrinhas do tom #04 Medium e ingredientes

A textura dele é fluída mais encorpada.

Em comparação com o da L’Oréal, por exemplo, ela é mais “grossa”. Se comparada à do Dream Oil Control da Maybelline, é mais fina.

O acabamento na pele é sequinho e aveludado e depois que o BB Cream seca por completo, a sensação é quase de um pó (por isso lembrei tanto do produto da L’Oréal).

Diferente de alguns BB Creams mais populares, o FPS do produto da Benefit é mais alto (FPS 35) e protege contra raios UVA e UVB.

Recebi a cor #04 Medium para experimentar e ficou um pouco mais clara do que a minha cor natural da pele.

O fundo é neutro: não puxa muito pro amarelo nem pro rosa.

A linha tem mais outros cinco tons que vão do Fair ao Deep Beige (amostrinhas aqui).

A cobertura é levinha e a descrição fala em aplicar mais camadas para construir mais cobertura.

Uma camada fina cobre quase nada, mas experimentei aplicar duas camadas e realmente melhorou.

Ainda assim, o Big Easy não esconde tudo.

Se você tem olheiras, manchas, etc., vai precisar de um corretivo.

bigeasy6

Pele ao natural e com duas camadas de Big Easy

bigeasy7

Pele pronta com Big Easy, pó, corretivo, etc. (tutorial aqui)

Não notei melhora ou piora na oleosidade da minha pele.

Minha Zona T se comportou como de costume nos dias de teste e depois de umas quatro horas, o primeiro brilho deu o ar da graça no meu nariz.

Por outro lado, a cobertura se manteve digna por quase o dia inteiro, já que o BB Cream transfere pouco.

Resumindo:

O acabamento aveludado é ótimo e o FPS 35 é uma característica bem legal, mas por R$190, é complicado fazer amizade…

Detalhes da nota:

Textura/Aplicação: 5/5
Cobertura/Pigmentação: não se aplica
Fixação: 4/5
Preço: 1/5
Apresentação: 5/5
Relação Realidade x Descrição Oficial: 4/5
Média: 3,8

Para visualizar a lista completa de critérios e notas, clique aqui.

Como fazer a maquiagem durar no calor? Por que proteger o cabelo do sol? Dicas para quem tem melasma Uma minissérie com elenco estrelado O reality mais legal da Netflix Por que o protetor solar esfarela?