Resumão de Buenos Aires

Resumão de Buenos Aires

O post é longo, por isso demorei, mas cá está o diário do feriado em Buenos Aires!

Ficamos pouco tempo (de quinta a noite a domingo a tarde) e como não era a primeira vez de nenhum de nós na cidade, pulamos passeios clássicos como Casa Rosada, Puerto Madero, Recoleta, shows de tango e afins e ficamos mais por Palermo.

Desse bairro, só conhecia mesmo o shopping, então foi muito legal caminhar pelas ruas e explorar as lojinhas, os restaurantes e os bares.

gor1

gor2

Hotel Esplendor Palermo Soho

Chegamos quinta a noite e de Ezeiza fomos direto para o hotel.

Quem escolheu foi minha cunhas. Ficamos no Esplendor Palermo Soho, localizado na Calle Guatemala.

Depois de deixarmos as malas no hotel, fomos a pé até o Restaurante Minga, mas estava fechado, porque era tarde.

Caminhamos mais um pouco e acabamos entrando no Cronico Bar.

gor4

gor5

Cronico Bar

O Cronico Bar fica na Calle Jorge Luis Borges e estava bombando!

Rock bacana tocando bem alto e muita gente entre 20 e poucos a 30 e poucos anos curtindo petiscos gostosos e uma birita faceira.

Adorei!

Pedi um cheeseburger que estava bom, mas babei mesmo foi pela pizza da mesa ao lado.

Além de linda, estava cheirando MUITO bem e eu talvez tenha constrangido o pessoal por ficar encarando enquanto eles comiam.

Quase tive um treco no final da noite quando começou a tocar Corazón de Los Autenticos Decadentes, porque LITERALMENTE 15 ANOS ATRÁS eu fui a Buenos Aires e Bariloche e essa música era O AUGE do momento.

tumblr_lt8vsnQhfw1qm5o3s

Yo no séééééé lo que me passa cuando estoy con vosssssssssss

Lembro de voltar para Porto Alegre com um CD que foi tocado até desintegrar.

Com tantas emoções no Cronico, acabei perdendo a voz.

A música estava bem alta e precisávamos falar quase gritando.

O local tinha calefação e sair do quentinho do bar direto para o frio da madrugada no caminho de volta pro hotel só poderia resultar em uma coisa: acordar fanha.

gor6

gor7

Loja Puro

Sexta-feira, demos umas voltas pelas ruas ao redor do hotel e acabamos na loja Puro.

Ela tem bolsas e tênis muito loucos. Quem gosta de peças únicas e cheias de estampas, vai curtir!

Eu acabei comprando uma bolsa de oncinha que usei durante a viagem inteira.

gor8

Shopping Alto Palermo

Da Puro, fomos a pé até o Shopping Alto Palermo, o mais legal de Buenos Aires na minha humilde opinião.

Ele tem muitas lojas MA-RA!!!

Esse shopping também tem casa de câmbio e como notamos que muitas lojas e restaurantes não estavam aceitando dólar, acabamos trocando parte do dinheiro por pesos.

A cotação foi de $5,6 pesos argentinos por $1 dólar.

De lá, fomos para a Calle Costa Rica para almoçar no Minga.

gor9

gor10

gor11

Restaurante Minga

Foi a refeição mais gostosa da viagem.

Pegamos uma mesa na área aberta do restaurante e pedimos um pouco de tudo.

A comida era uma delícia e pra vocês terem idéia, até da salada eu gostei ;)

Antes de sentarmos pra almoçar, demos uma voltinha rápida pela região de Plaza Serrano.

gor12

gor13

Loja Joda na Calle Honduras

Pós almoço, fomos até a Calle Honduras para ver as lojas e comer um sorvetão delícia no Freddo.

Gastei os tubos na Joda/Tienda Palacio e trouxe várias coisas fofinhas pra casa, incluíndo aquele enfeite de luzes que usei na decoração da noite do cachorro quente.

Para ver todas as compras, confere o vídeo que eu fiz.

gor14

Harajuku fake para as massas

Na Calle Honduras há uma porção de lojinhas de acessórios e cacarecos e é comum encontrar essas versões fakes dos perfumes Harajuku Girls.

Quem adora as bonequinhas e não se importa de serem cópias, vale a pena.

Tem até modelinho com esmalte ao invés de fragrância.

Depois das comprinhas, acabamos a tarde no Madagascar Resto Bar pra tomar um vinho e ver o movimento na rua.

gor15

gor16

Pizza do Romario

A noite, jantamos na Pizza do Romario.

Estava muito gostoso e mesmo com o frio, pegamos uma mesinha na rua, porque até na rua os restaurantes tem calefação e ela funciona super bem.

A pizza estava uma delícia e essa foi uma das refeições mais baratas que fizemos por lá.

Custou uns $120 pesos por pessoa (+ou- R$50 reais).

Pedimos duas pizzas, os guris tomaram cerveja, eu tomei vinho branco e a Jô pediu Coca-Cola.

gor17

gor18

gor19

Casa Noturna L’Arc

Depois do jantar, fomos procurar o que fazer pela night porteña e acabamos na casa noturna L’Arc.

A música estava boa, o lugar é enorme e a decoração é bem legal.

Rolou todo um efeito de luzes phyno durante a festa, mas show mesmo quem deu foi a menina do macacão cor de pele hehehehe

Sim, tinha uma mulher de macacão de suplex NUDE na pista.

Vale avisar que em Buenos Aires ainda é permitido fumar em festas.

Eu como ex fumante achei que iria fraquejar, mas o que aconteceu foi o contrário:

Fiquei enjoada com aquela fumaceira no ambiente fechado.

gor20

gor21

Restaurante Broccolino

Sábado amanheceu cinza, dormimos até tarde e lá pelas 13h fomos até o centro para almoçar no Broccolino.

Pedi um prato de massa com molho alfredo, mas já me informaram pelo Instagram que a especialidade da casa é o filé a parmegiana.

Estava gostoso, mas o que eu gostei mesmo foi da cesta de pães da entrada, porque sou chinela e o meu negócio é pão com manteiga.

O Broccolino tem uma massa de pizza que é uma delícia pra comer com manteiga ou azeite de oliva, não dá vontade de parar!

gor23

gor22 

Galerías Pacífico e Calle Florida

Do restaurante, fomos a pé até a Galerías Pacífico, onde eu fiz a festa na loja da Bobbi Brown.

O prédio é super bonito e quem curte maquiagem vai gostar do shopping, porque ele tem Clinique, L’Occitane, MAC Pro, Chanel, Bobbi Brown e afins.

Mesmo com a chuva, seguimos pela Calle Florida para ver algumas lojas.

Ao longo da rua tem mais de uma Falabella e nós acabamos entrando na unidade especializada em decoração.

Gente, quanta coisa linda pra casa!!!

Quase surtei, porque não podia levar nada comigo.

Depois disso, dei uma passadinha na Farmacity para pegar umas pastilhas pra garganta e ver uns makes.

No final da tarde, a chuva apertou, então voltamos pro hotel para descansar um pouco antes da nossa última janta na cidade.

gor24

Calle Báez

Meu irmão sugeriu de irmos até a Calle Báez em Las Cañitas, porque ela tem muitos restaurantes e lá poderíamos escolher onde jantar.

A rua é bem legal e a variedade é enorme. Tem pub, restaurante japonês, mexicano, parrilla, resto louge e afins.

gor25

gor26

gor27

Parrilla El Primo

Acabamos optando pela Parilla El Primo.

O restaurante tem um ar super rústico e animado.

A comida estava boa, mas a sobremesa foi um sonho.

Crepe de dulce de leche: tão simples e tão incrível.

Ninguém quis repartir a sobremesa comigo, então fiz o esforço de comer sozinha mesmo.

Depois da janta, caminhamos um pouco pela rua e pegamos um taxi de volta para o hotel.

No dia seguinte, fizemos as malas, tomamos um café bem gostoso no Esplendor com direito a mais dulce de leche (dessa vez no croissant) e depois de alguns bons momentos no Free Shop de Ezeiza, voltamos pra casa :/