Ô, lá em casa… Brandon Flowers

Ô, lá em casa… Brandon Flowers
Foto: NME

Ganhou f?????????cil! Quando montei a enquete, achei que o Eddie fosse equilibrar os votos, mas nem… Brand?o Flores humilhou a concorr?ncia.

N?o teve nem gra?a!

Nesse final de semana, eu estava quase boa da gripe maldita e acabei estragando minha recupera??o com duas noches de vida bandida.

noche2

noche1

Sexta

Sexta-feira foi destrui??o total na noite s? das gurias e eu n?o vou listar aqui os meus momentos de falta de dignidade, mas vou comentar que:

a) Estou amando ao cubo a palette Naked 2

b) Pela primeira vez em muitos anos eu me olhei no espelho e me senti satisfeita

N?o sei se acontece com mais gente que foi gordinha e passou ou est? passando por reeduca??o alimentar, mas ? dif?cil chegar ao ponto que voc? diz “Ok, agora eu t? bem!”.

Primeiro, porque sempre rola o medo bobo de perder o controle e engordar de novo ao passar do regime pra fase em que voc? vai tentar manter tudo que conquistou nos ?ltimos anos.

Segundo, porque na minha cabe?a “uma vez gordinha, sempre gordinha”.

D? at? vergonha de mim mesma por eu escrever isso aqui, mas precisava compartilhar.

Faz mais de ano que o meu peso est? est?vel, mas foi dif?cil de eu conseguir me gostar de verdade.

Fiz todo o trabalho, atingi coisas que eu nunca achei que fosse capaz, mas ainda tinha uma neura de achar que o meu corpo n?o era legal, que eu ainda estava feia e blah blah blah.

Papo pesado pra segunda, n?o ??

N?o sei o que houve na sexta, mas eu finalmente tive um estalo, desencanei e fiquei satisfeita comigo mesma.

Tem tanta coisa incr?vel acontecendo na minha vida que n?o tenho mais tempo pra ser surtada com essas besteiras. Ainda tenho umas dobras que me incomodam, mas ? a vida.

O corpo perfeito n?o existe e ? muito mais f?cil eu me aceitar do jeito que eu sou, n?? Sei que mais meninas passaram ou est?o passando pela mesma coisa e gostaria de saber como elas se sentem quanto a isso.

noche3

noche4

S?bado

No s?bado, jurei que n?o ia sair, mas depois de dormir um pouco, tomar uma Neosaldina e um sal de frutas, acabei topando mais uma festinha.

Um dos lugares que eu sempre gostei muito de ir aqui em Porto Alegre ? o Ocidente.

Depois da trag?dia de Santa Maria, o local foi interditado, porque nunca respeitava o limite de lota??o.

Desde ent?o, as festas do Oci est?o sendo realizadas num dos sal?es da Hebraica e eu ainda n?o tinha conferido o novo estilo, mas estava bem curiosa.

S?bado era dia de Balon? e o som dessa festa mistura tudo quanto ? tipo de velharia. Vai de Talking Heads e Nirvana at? Mamonas Assassinas e Xuxa.

Festa ?tima, suuuuuuper divers, mas eu tenho uma reclama??o a fazer e n?o ? da Balon? em si. ? das pessoas sem no??o que ficam peidando no meio da pista.

Voc? t? l?, cheirosa, arrumada, despreocupada…? De repente sobe aquela MAROFA e toma conta do ambiente.

Come?a com um leve cheiro desagrad?vel que expande e literalmente desmancha o bolinho, porque ningu?m consegue dan?ar e lidar com o bodum ao mesmo tempo.

urkel

MEO, POR QUE AS PESSOAS FAZEM ISSO?

Local fechado e com muita gente ? sin?nimo de ar ? pesado e quando algu?m resolve se aliviar ? quase como se voc? pudesse sentir o gosto do pum…

Aconteceu tr?s vezes naquela noite.

TR?S!

Da primeira vez, at? achei engra?ado. Ri muito! Depois, fui ficando braba hehehe

N?o sei se por eu n?o estar bebendo (meu f?gado s? aguenta um dia de trabalho por semana) os sentidos estavam mais agu?ados, mas fiquei chocada.

Custa dar uma voltinha na rua? Ou ir pras beiradas da pista? Tem que atacar gente que voc? nem conhece com bomba de carni?a?!

A? voc? tenta descobrir de onde vem a marofa e nada! Todo mundo com cara de paisagem…

P?xa!

Depois da campanha por uma academia free de camel toe, fica aqui a campanha por um ar mais puro na balada.