Amostrinhas: Sombras Vult (18, 31, 32, 34 e 35)

Amostrinhas: Sombras Vult (18, 31, 32, 34 e 35)

vult1

Sombras Vult (18, 31, 32, 34 e 35)

O post de amostrinhas é uma mistura de fotos da câmera velha e da nova.

Eu tinha feito todas as amostras no olho tempos atrás com a câmera mais antiga e decidi não refazer com a D3200, porque passar cinco cores e demaquilar, uma atrás da outra, é meio punk pra pele da pálpebra.

Vamos ao que interessa…

Eu já comentei por aqui que as sombras da Vult são muito dignas pelo preço e ok, a embalagem é meio fraquinha e a tampa solta com facilidade, mas não dá pra reclamar, já que elas custam em torno de R$10 cada.

Recebi da assessoria as cores 18, 31, 32, 34 e 35.

vult7

Amostrinhas (de cima para baixo):  32, 34 e 18

vult8

Amostrinhas (de cima para baixo): 31 e 35

A cor 32 é um azul azul médio com cintilância esverdeada.

A cor 34 é um verde de claro para médio com acabamento metálico.

A cor 18 é um preto não muito vivo, meio asfalto e com cintilância prata.

A cor 31 é um roxo com cintilâncias azuis e lilás

A cor 35 é um bronze metálico

Quanto à textura, as sombras metálicas (35 bronze e 34 verde) são mais macias e aderentes.

As outras cores tem brilho, mas são um pouco mais secas e esfarelentas,  sendo a 18 (preto/asfalto) totalmente matte quando você passa no olho.

Os brilhinhos prateados que você nota na embalagem mal deram o ar da graça na amostrinha do braço e sumiram por completo no olho.

No caso das cores 31 (roxo) e 32 (azul), as cintilâncias até pegam na pele, mas o aspecto geral no olho é mais opaco.

vult9 vult4

35

vult10 vult2

34

vult11 vult6

31

vult12 vult3

32

vult13 vult5

18

Das cinco, as minhas preferidas são as cores metálicas, tanto pelo acabamento quanto pela textura e pigmentação.

O tom preto/asfalto 18 também tem boa pigmentação e espalha legal, apesar dos brilhos fujões.
O azul 32 é a sombra que eu menos gostei. Fiz as amostrinhas sobre a pálpebra com corretivo e pó e o tom não espalhou por igual no olho. Fora isso, a cobertura não é das melhores.

O roxo 31 fez uma amostrinha linda no braço, mas ficou mais fraco no olho. A cor perdeu parte da intensidade na pálpebra e a cobertura também poderia ser melhor.

Vale dizer que com um primer de olhos ou realizando a aplicação da sombra com pincel úmido, é possível contornar esses problemas e, inclusive, bombar as cintilâncias que sempre ficam mais discretas quando a sombra é aplicada a seco.

Se você pretende experimentar, vá de 34 e 35 e evite a 32!