Amália Anti Rugas: Givenchy Le Soin Noir e Lancôme Génifique Crème e Serum

A pedidos, a Amália escreveu um texto sobre os creminhos anti rugas chiquééérimos que ela está usando no momento.

OBA!

Aqui vão as impressões dela sobre o creme preto da Givenchy e o famoso Génifique da Lancôme:

Como vocês já ficaram sabendo eu sou viciada em cremes, não só cremes para o rosto, pois eu tenho cremes para tudo! Vou falar um pouco da minha experiência com cremes anti ruga e anti idade, desde já quero deixar claro que são as minhas opiniões pessoais, não tenho nenhuma formação acadêmica no assunto.

Eu sempre tive em mente que eu deveria cuidar do meu rosto, não que eu tenha medo de envelhecer, mas tenho medo de envelhecer mal, tenho medo de aparentar mais idade por simples descuido.

Eu admiro muito as mulheres que passam dos 60 anos e ainda estão lindas. Não me refiro apenas a pele sem rugas, mas aquela pele com viço, com brilho e no meu ver, faz toda a diferença.

Lily Safra é minha musa inspiradora!!! Hehehe

Eu já usei cremes de todos os tipos, de todos os preços, comercias e manipulados. No momento estou usando somente os comerciais, mas eu estou bem louca pra fazer um de DMAE para o pescoço. Estou dando uma atenção muito especial para o pescoço, pois eu notei que tem ressecado mais que o normal com o passar do tempo. Mais alguém tem essa sensação?

O creme preto da Givenchy Anti-rugas Le Soin Noir e o Genifique da Lâncome são os cremes que eu estou usando no momento.

O creme da Givenchy é excelente e vale cada centavo, pois eu percebi melhoras consideráveis nas linhas de expressão e no pescoço em bem pouco tempo.

Faz quase 3 semanas que eu estou usando, apenas 1 vez ao dia. Uso o creme para dormir e acordo com a pele super hidratada e com as linhas de expressão muito, mas muiiiiito suavizadas.

O ponto negativo desse creme é a oleosidade, a testa fica muito oleosa quando eu acordo. Eu tenho a pele mista, oleosa na zona T e seca nas demais áreas, então eu percebi que ele favoreceu e muito a oleosidade na minha pele e surgiram algumas espinhas.

Durante a pausa do anticoncepcional a minha pele costuma ficar mais oleosa e com tendência a acne, mas dessa vez apareceram 5 espinhas, não daquelas medonhas e feiosas, mas aqueles pontinhos vermelhos e inchados.

Retomei o anticoncepcional e logo as espinhas passaram também. Já tinha percebido esse efeito com outros cremes, então não acho que seja um grande problema do Le Soin Noir.

Ele é um creme muito caro e pretendo continuar usando, mas vou intercalar com cremes mais baratos.

Quando estiver no segundo potinho eu pretendo usar 3 vezes por semanas, só para dar aquele up na hidratação do rosto.

Para quem não tem rugas profundas e está na mesma situação que eu, combatendo as linhas de expressão, vale a pena investir e usar com outros cremes, pois a sensação que o creme da Givenchy proporciona à pele é muito único, nunca tinha visto igual antes, nunca tinha usando um creme que deixa a pele tão viçosa como este.

Classifico esse creme com efeito a curto prazo.

Falando do Genifique da Lâncome, comparado ao preço do Givenchy é uma opção beeeeemmm mais em conta, mas ainda assim é bem caro. Eu comprei o serum e o creme. Ele é um creme bom, mas não está mil anos luz à frente de outras opções mais baratas.

Ele combinado com o Le Soin Noir está dando um efeito muiiito bom, mas eu tenho consciência que o up a curto prazo tem a ajuda do creme da Givenchy. Ele sozinho não tem um efeito imediato como prometido: uma pele mais jovem em 7 dias.

Eu usei esse creme meses, e só depois de algumas semanas foi possível ver diferença nas linhas de expressão.

Mas não tenha dúvidas que é um creme maravilhoso também como hidratante, principalmente nos dias frios de rachar que fazem aqui em Passo Fundo.

Ele mantém a pele hidratada o dia todo, mas eu o classificaria como um creme de efeito a médio prazo.

– – – – –

Génifique Créme e Serum podem ser encontrados no site oficial da Lancôme ou no site da Sephora (entre R$200 e R$300) e o creme milionário da Givenchy pode ser encontrado também no site da Sephora (se prepara pro assalto: R$1.200,00).