Perfume: Amor Amor Cacharel

amor1

Amor Amor do balaio

Este provavelmente será o primeiro e o último post sobre perfumes do blog, porque:

1 – Perfume é uma coisa super pessoal e…

2 – Eu não sei descrever cheiros.

Nunca fui uma pessoa muito ligada à fragrâncias. Não me perfumo pra vir pro trabalho e tals. É uma “cousa” de final de semana e tudo mais.

Fora isso, dos vários vidrinhos que tenho em casa, apenas uns dois ou três eu comprei. Os outros todos foram presente do meu namorado, que ficou chocado quando soube eu usava os perfumes do meu pai.

Há! ;)

A maioria dos perfumes femininos são florais demais pro meu gosto e na época que conheci o Junior, me borrifava toda de Armani Mania masculino “emprestado” de papis.

Acho que ele não gostou muito beijar mulher com xêro de macho, porque um mês depois de nos conhecermos, o Junior me deu de presente um perfume Armani, só que feminino.

Seria indireta?!?! * rs rs rs *

Bom, eu contei toda essa história só pra descrever o contexto da situação e explicar o porquê de um post dedicado a perfume.

amor2

Presenteeenho preferido do Natal

Descobri o Amor Amor sem querer. Estava numa longa fila da loja de descontos Marshalls em Nova Jersey, quando vi várias caixinhas num balaio próximo ao caixa.

Por $10 dólares a unidade, tive que comprar.

Mesmo eu não sendo uma pessoa ligada à perfumes femininos, estava barato demaaaaaiiiisssss pra resistir.

No pior dos casos, eu poderia dar de presente pra alguém, néam?

Mas eu gostei dele. Foi amor à primeira cheirada!

Suas notas combinam tangerina, cereja preta, jasmim de quatro pétalas da Indonésia, lírio-do-vale, almíscar branco e âmbar cinza.

E okay, eu não sei o que a combinação desse monte de ingredientes significa, mas o aroma é bom. Ele é feminino sem ser mulherzinha demais, saca?

Se você é uma amygha que não gosta de perfumes florais doces demais, experimente Amor Amor. O cheiro é supimpa e a duração é incrível!

– – – – –

PS: No início do mês passado, notei que meu perfume do balaio estava no final. Como eu sou uma pessoa super desapegada dessas coisas, achei que seria uma ótima idéia dar um vidrinho igual para minha mãe no Natal e talvez, quem sabe…, pegar emprestado no futuro. (he he he)

Mas mamis, fique sussa!

No final das contas, ganhei do namor e da família dele um kit lindo com perfume e creminhos Amor Amor, então não precisarei assaltar o seu armário (ou o do pai) tão cedo ;)