2Beauty

2Beauty

Dicas, tutoriais e resenhas sobre maquiagem.

Sephora

Arquivo de ‘Blush’ em lista por categoria

Resenha: Stila Convertible Color (Petunia 07)

StarStarStarStarStar

Duas estrelinhas e meia

Toda semana eu passo no canal de Youtube da Pinkiecharm pra ver as resenhas sobre maquiagem. Ela resenha desde os produtos gringos mais baratos até os super caros e o que eu mais adoro é que SEMPRE tem alguma coisa nova.

A Pinkiecharm é mega fã da marca Stila e um dos produtos que ela sempre elogia é o Convertible Color, um duo cremoso para lábios e bochechas.

Aproveitando a viagem para NY, comprei por $25 doletas um CC na cor Petunia pra ver que tal.

E sim, eu sou facilmente influenciada he he he

CC Petunia concentrado e esfumado

Escolhi a cor Petunia porque era a preferida da Pinkie e porque o tom de rosa é um espetáculo.

Cores vivas me dão um pouco de medo, mas eu gosto.

É igual filme de terror: eu sei que posso ter pesadelos, mas eu vejo mesmo assim.

Para a minha sorte, o rosa escandaloso da embalagem fica muito mais sutil ao ser esfumado na pele.

A cor dá um toque bem bonitinho e saudável ao make. Adorei ao cubo!

Close-up: Petunia nas bochechas e nos lábios

A textura cremosinha é uma delícia e é fácil de esfumar até por cima do pó. Dependendo do quão rosa você quer suas bochechas, dá pra passar mais de uma camada que ele não fica pegajoso.

Na boca, o acabamento é mais lustroso quando você aplica, mas seca depressa e meio que tinge o lábio ao invés de cobrir.

Não sei explicar direito e o melhor que eu posso dizer é que ele me parece uma mistura de batom com lip tint.

Faz sentido?

Carão

Tudo lindo até esse ponto, mas no dia a dia… perdeu alguns pontos.

O potencial do CC é enorme e eu até entendo como a minha musa das resenhas do Youtube gosta tanto dele, mas sendo eu uma moça brasileira de cutis mista, não rolou…

Fica lindo quando você passa nas bochechas ou nos lábios, mas ele também some rapidinho.

Já usei três vezes para ir trabalhar e em nenhum desses dias ele conseguiu durar mais do que uma manhã inteira.

Assim é difícil, né?

Fiquei na dúvida se dava só duas estrelinhas e acabei dando duas e meia, porque eu tô de bom humor e porque ele também quebra o galho como base para blush em pó.

E a cor é linda. Linda mesmo.

Pena que some :(

VOCÊ TEM ESSE PRODUTO? AVALIE TAMBÉM!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas

a média das leitoras é 3,25 de 5
4 votos | Veja o sistema de avaliação

Resenha: Eudora Soul Feel Blushed Blush Líquido Natural (Cor Natural Bronze)

StarStarStarStarStar

Duas estrelinhas

Infelizmente, o blush líquido Soul Feel Blushed da Eudora não é tão maravis quanto o batom da mesma linha.

Uma bisnaga com 10ml de produto custa R$17 no catálogo (thanks pela info Ju).

A cor que recebi para testar pelo blog é a Natural Bronze.

Feel Blushed Natural Bronze

A embalagem é simples, mas bonitinha. A primeira vez que usei, apertei a bisnaga com muita força e um jato de blush foi parar no chão do quarto.

#Ficadica de não se emocionar como eu, porque o produto é bem líquido e sai da embalagem com muita facilidade.

Aperte com precaução para dosar a quantidade certa que você vai usar no rosto.

Natural Bronze

Gostei muito da tonalidade do Natural Bronze. Me lembrou um pouco o Blushcreme Cheery da MAC, só que mais bronze de verdade. Sem aquele toque rosado, sabe?

Acho que esse tipo de cor fica linda em morenas, porque parece cor de quando você está mais queimadinha. Todo um tipo saudável, saca?

E o cheirinho é ótimo! Me lembra um chiclete que eu adorava quando era criança.

Achei uma delícia e parou por aí, porque a cor linda com cheirinho ótimo não pega na minha pele por nada desse mundo…

Apliquei o blush líquido como sempre faço:

Sujei o dedo indicador com o produto e fiz três bolinhas nas maçãs do rosto. Depois, esfumei com os dedos.

Repeti essa operação TRÊS VEZES e nada da cor pegar na minha pele.

Tentei esfumar menos, mas não adiantou.

Não sei o que fazer pro blush aparecer nas bochechas! Talvez alguém com pele clarinha tenha mais sorte que eu?

Antes e depois da aplicação

Como não experimentei as outras cores, não sei dizer  se o problema é de todas as tonalidades de blush líquido Soul ou apenas do Natural Bronze.

Enfim…

A minha vontade inicial era de dar só uma estrela (pela lembrança feliz do chiclete que eu gostava na infância), mas descobri que ele faz uma ótima base para blush em pó de cor fraquinha.

Se você tiver algum blush que não pega por nada na sua pele, passa uma camadinha do Feel Blushed Natural Bronze e depois aplica o blush em pó por cima.

Ele dá um up na cor e ajuda até na fixação. Fica um pouco mais difícil de esfumar, mas compensa.

Experimentei com aquele blush rosa clarinho da Guerlain e foi sucesso!

VOCÊ TEM ESSE PRODUTO? AVALIE TAMBÉM!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas

a média das leitoras é 3,11 de 5
9 votos | Veja o sistema de avaliação

MAC Blushcreme Ladyblush

MAC Blushcreme Ladyblush

Quando fui à NY pela promo da Sacks em 2010, comprei um blush cremoso da MAC chamado Cheery. Experimentei, gostei e acabei comprando outro mês passado, junto com aquela riqueza do Silver Dusk.

A cor escolhida foi a Ladyblush, porque pelo que li nos comentários e em outros blogs, todo mundo super-adora-ao-cubo-demais.

No Brasil, um Blushcreme da MAC custa R$91,00. Desculpa a finesse, mas é quase um estupro de tão caro.

Não há justificativa para gastar tanto em blush, mas vá lá… esse blog precisa de conteúdo fresquinho todos os dias, não é?

Ladyblush concentrado e esfumado

Assim como o Cheery, o Ladyblush tem ótima pigmentação e textura  meio pegajosa. Não chega a ser difícil de esfumar, mas dá mais trabalho, porque não desliza com muita facilidade.

Entre pincel e os dedos, com certeza os dedos são a melhor ferramenta para a aplicação.

A cor do blush é um rosa frio bonito. Não chega a ser rosa chiclete ou rosa Barbie… É bem mais discreto que isso.

Ainda assim, acho que talvez seja um pouco frio demaaaais para a minha pele.

Não fica feio, mas não fica “eu”, entende? Eu olho, acho fofo, mas não parece que esse tom rosado veio de dentro de mim, saca?

Ladyblush concetrado e esfumado

Tonalidade à parte, gosto muito do aspecto mais lustroso do blush em creme na pele.

Claro que a fixação não é tão boa quanto a de um blush em pó, mas a cor se mantém por várias horas.

Hoje o pessoal resolveu roliçar na carne, então fomos almoçar num rodízio longe do escritório.

Sabe churrascaria que não aceita débito, crédito ou cheque e que tem uma placa bem grande dizendo “NÃO FAZEMOS SACOLINHA PARA CACHORRO”?

Sentiu o drama?

Então… o local tinha ar condicionado e tudo mais, só que a volta pro trabalho foi difícil.

Fazia muito calor, a minha pança estava lotada de carne e polenta frita e o meio de transporte era meu carro 1.0 que passou quase duas horas estacionado ao ar livre, pegando o sol do meio-dia.

Vocês tem idéia de quanto tempo leva para refrigerar um carro 1.0 em movimento e com quatro passageiros?

Mesmo na potência máxima do ar, com o carro quase andando de ré de tão devagar…

Levou.

Muito.

Tempo.

E eu nem comentei sobre o alto perigo de vida, gente. Uma pequena faísca e tudo iria pelos ares…

TENSO.

O carro só resfriou mesmo quando estacionamos na garagem da firrrrma e aí eu já tinha transpirado toda a carne do mundo pelos meus poros.

Sabe pessoa melecada? Era eu.

E mesmo nessa situação uóh, o blush continuou rosadinho nas bochechas. Eu saí de casa 9h, agora são quase 15h e ele ainda não sumiu.

Okay, ele provavelmente não durará até às 18h, mas comparando com outros blushes cremosos, tá mais do que bom!

Resenha: Blush Compacto Vult (#04)

StarStarStarStarStar

Nota: 4 estrelinhas e meia

Passaram bem o Carnaval? Logo mais tem post com boy-magia e as novidades do feriadão!

Para começar essa semana de perna curta, aqui vai resenha de um produto super BBB da Vult.

Recentemente, a marca mudou todas as embalagens da linha de makes.

Melhorou bastante, gente!

Ainda assim, o blush compacto perdeu meia estrela na avaliação por causa da bendita.

A tampa transparente ficou na minha mão duas vezes e okay, a embalagem antiga era feiosa, mas era uma pouco mais resistente. E tudo bem, a tampa só desencaixou e dá pra colocar de volta, mas é meio chato, né?

Blush #04 concentrado e esfumado

Agora, falando do produto em si, acho que é difícil encontrar um blush com custo x benefício tão bom.

O blush compacto da Vult cor #04 custa entre R$6 e R$10 reais (dependendo da loja) e tem ÓTIMA pigmentação!

A cor é um rosa basicão com brilho bem bonito. Acho que combina com todo mundo!

Ele pega fácil na pele e é muito bom de esfumar. Se você pesar a mão, tem como corrigir facinho facinho.

Blush concentrado e esfumado

O melhor é que a fixação é super digna! Ele se mantém intacto por boas 6 horas. Depois, desbota um pouco, mas não some por completo.

Por esse preço, não tenho do que reclamar. Se fizesse um teste cego, muita gente acabaria confundindo com blush da MAC ou da NARS.

VOCÊ TEM ESSE PRODUTO? AVALIE TAMBÉM!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas

a média das leitoras é 4,35 de 5
31 votos | Veja o sistema de avaliação

Resenha: MAC Mineralize Blush Love Thing

StarStarStarStarStar

Nota: 4 estrelinhas

Não se assutem pela cor na embalagem. Love Thing é uma coisa amada de Deus e só não recebeu cinco estrelas na avaliação, porque custou R$93 reais.

É caro, caro, CARO, mas é bom, bom, BOM.

Eu já tinha um blush da linha Mineralize da MAC (cor Gleeful, comprada “nos estrangêro” por $20 doletas) que amo muito, então resolvi experimentar outro.

Nos comentários da resenha do Gleeful, o consenso geral foi de que a linha de blushes Mineralize da MAC é supimpa! E okay, eu dei 5 estrelas pra ele, só que o Gleeful foi comprado nos EUA e lá o preço é a metade do que eu paguei pelo Love Thing no Brasil.

De qualquer forma, assim como o Gleeful, Love Thing tem pigmentação altíssima, boa textura e sua fixação é MARAVIS.

Love Thing concentrado e esfumado

Defierente da linha normal da MAC, os blushes Mineralize são feitos de minerais assados ao forno.

Todo eles tem esse formato CHIC de domo e acabamento com brilho (as cintilâncias ficam discretíssimas na bochecha).

A cor pega fácil na pele e você não precisa de muito produto para conseguir um ar corado e saudável.

No caso do Love Thing, o tom é  um avermelhado bonito quase cor de vinho com brilho dourado.

Não sei se rola para cutis claras, mas na minha pele mais bronzeada ficou looosho, poder e riqueza.

Rende muito! Eu passo bem pouquinho e depois esfumo com vontaaade, senão acabo igual palhaço de circo.

A cor dura horrores na pele. Passo o blush tipo 9h da manhã e às 19h, quando volto pra casa, ainda estou maquiada.

Love Thing concentrado e esfumado nas bochechas

VOCÊ TEM ESSE PRODUTO? AVALIE TAMBÉM!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas

a média das leitoras é 4,17 de 5
12 votos | Veja o sistema de avaliação

Maquiagem de Gente Rica Parte I: Guerlain Blush Éclat Cherry Blossom

Cherry Blosssom Guerlain

Minha amiga Amália tinhas alguns makes repetidos e me perguntou se eu não gostaria de ficar com eles.

Quando olhei dentro da sacola e vi três caixinha da Guerlain, meu queixo foi lá no chão e por alguns instantes, fui tomada por um sentimento indescritível de satisfação.

Começou assim:

E terminou mais ou menos assim:

Aí eu abri as caixinhas, chorei algumas lágrimas de emoção e comecei a experimentar tudo.

Fui pesquisar sobre o blush lindíssimo que seria o primeiro da trinca de posts e acabou que o título Maquiagem de Gente Rica não é no sentido de “Uau! Esse produto me dá um ar de milionária” e sim no sentido de “Uau! Eu preciso tirar um empréstimo pra pagar a fatura do meu cartao”, porque uma unidade do Cherry Blossom custa R$219,00 reais.

Eu disse

DUZENTOS

E

DEZENOVE

REAIS!

Quase perdi o ar por um momento.

Voltando ao assunto… Cherry Blossom é um blush da coleção de primavera da Guerlain que mistura tons de rosa e pêssego em um desenho que lembra as flores de cerejeiras japonesas.

De acordo com a descrição do site:

Blush Éclat Cherry Blossom é ultra leve e transparente, dando vida às bochechas claras de inverno.

As cores extremamente suaves dão brilho natural proporcionando um “ar saudável” a pele.

A embalagem preta é linda e PESADA. Não sei se é plástico, tanto pelo peso quanto pelo som que faz quando bato minhas unhas sobre a tampa.

Parece metal, mas não é. Talvez seja um plástico extra-duro… não tenho certeza.

O pincel chanfrado que acompanha o blush é super macio, mas pequeno demais pro meu gosto.

E cá entre nós, vocês já notaram que quanto mais cara a maquiagem, mais pesado é o estojinho?

E ele sempre vem acompanhado de uma capinha de veludo.

SEMPRE.

Talvez esses detalhes façam com que você não se sinta tão lesada pelos preços exorbitantes.

Amostrinha na pele

Misturando todas as cores do estojo, você acaba com um rosa clarinho e cintilante.

Vale lembrar que após uma ou duas aplicações, sobram apenas os tons de rosa claro e pêssego no desenho blush.

A camada de rosa escuro que dá o “tchã” é muito superficial e some após algumas pinceladas.

Observe:

Cadê o rosa mais escuro???

Na minha cutis morena tropical, o tom aparece pouco. É quase como se eu não tivesse aplicado nada nas bochechas.

Dá pra notar um tico de rosa e um pouco do brilho.

Na minha humiiiilde opinião, seria legal se o rosa escuro não fosse apenas uma camada fina sobre as outras cores, porque assim o blush funcionaria pra muito mais gente, mas okay…

A própria descrição diz que “Blush Éclat Cherry Blossom é ultra leve e transparente, dando vida às bochechas claras de inverno.”

E ele é, DE FATO, ultra leve e transparente, só que a Amália tem a pele muito mais branquinha que a minha e nela também acontece toda essa coisa do blush ficar super discreto.

Na bochecha

Resumindo:

Se você tem pele clarinha e din-din sobrando pra gastar em um mimo, o Cherry Blossom é uma boa opção de blush rosado daqueles que é impossível de pesar a mão.

Se você é como eu (pretinha e meio pobrinha), melhor investir em opções mais em conta.