hc1

Kevin Spacey: amor eterno e verdadeiro.

Quem me indicou esse seriado foi um ex colega de trabalho e ok, eu demorei para terminar a primeira temporada de 13 episódios, mas não foi por ter achado ruim.

É que surgiu muita coisa pra assistir…

The Walking Dead, Revenge, The Voice, The X Factor e por aí vai.

Não há horas (livres) suficientes no dia pra eu acompanhar tudo isso, né?

Mas vamos ao que interessa:

House of Cards é uma adaptação do Netflix de uma mini série da BBC que tem o mesmo nome e que foi baseada na trilogia de thrillers políticos de Michael Dobbs.

A produção do seriado foi feita por ninguém menos que David Fincher e além de Kevin Spacey, o elenco conta com Robin Wright, Michael Kelly e Kate Mara.

A versão americana acontece em Washington nos dias de hoje e conta a história de Francis “Frank” Underwood (Kevin Spacey), um democrata da Carolina do Sul que é passado para trás na corrida para Secretário do Estado e que decide se vingar de todos que o traíram.

Pra quem me acompanha há algum tempo, não deve ser surpresa eu ter gostado de House of Cards, porque adoro tudo que envolva Revenge, ops!, vingança ;)

hc3

E antes que alguém comente “MAREEENAAAA, ASSISTE SCANDAL! VOCÊ VAI AMAR!”, aviso que comecei a baixar, mas ainda não tive tempo de assistir.

Agora, de volta a House of Cards…

Frank Underwood é um congressista obcecado por poder e ele é tão foda em vingança (mas tão FO-DA) que se ele fosse um dos amigos de Emily Thorne em Revenge, a história teria acabado no primeiro capítulo da primeira temporada.

Sabe quando você não torce ou sequer gosta de alguém, mas admira a capacidade da pessoa ser extremamente eficiente no que ela faz?

Então…

Frank só se importa com Frank e ele tem um talento incrível para manipular a todos e fazer seus desejos se tornarem realidade.

hc2

hc4

Fora ele ser um sacana, amo ao cubo alguns de seus “ensinamentos”, como:

There are two kinds of pain. The sort of pain that makes you strong, or useless pain… The sort of pain that’s only suffering. I have no patience for useless things.

Existem dois tipos de dor. O tipo de dor que te faz forte, ou dor inútil… O tipo de dor que é só sofrimento. Não tenho paciência para coisas inúteis.

AMO!

Kevin Spacey está * perfeito * no papel do FDP que você jamais desejaria ter como inimigo.

House of Cards está disponível para quem tem assinatura do Netflix.

Se você não é assinante, é possível baixar os arquivos dos episódios aqui e as legendas, aqui.

Abaixo está o trailer legendado do seriado: